Registros, Fatos, Escritos: Memórias e Histórias da Reforma Psiquiátrica

Ref: 978-85-473-0309-9

Registros, fatos, escritos: memórias e histórias da reforma psiquiátrica traz uma contribuição importante para as pessoas interessadas nas questões da reforma psiquiátrica e dos modos de cuidar e buscar cuidados em saúde mental. Como advém de várias histórias registradas ao longo de muitos anos, oferece um material original e instigante a todas as pessoas que se interessam pelos processos pelos quais sujeitos e instituições ganham lugar no mundo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0309-9


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 179


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Clarice Eliane Duarte da Silva.

2. Ana Paula Müller de Andrade.

3. Carmen Terezinha Leal Argiles.

4. Denise Gullo de Matos.

Registros, fatos, escritos: memórias e histórias da reforma psiquiátrica traz uma contribuição importante para as pessoas interessadas nas questões da reforma psiquiátrica e dos modos de cuidar e buscar cuidados em saúde mental. Como advém de várias histórias registradas ao longo de muitos anos, oferece um material original e instigante a todas as pessoas que se interessam pelos processos pelos quais sujeitos e instituições ganham lugar no mundo.

Este livro trata da reconstituição de histórias com um cenário sociocultural e político comum, que dão sustentação à política pública de saúde mental no Brasil e à constituição de um Centro de Atenção Psicossocial na cidade de Pelotas – RS. É um texto-imagem construído a partir de fragmentos de histórias registradas em um acervo de fotografias, recortes de jornais, folhetos e outros artefatos armazenados por uma das autoras, ao longo de 23 anos.

Ao conjugar histórias de vida - de usuários, familiares, trabalhadores, gestores, estudantes, professores universitários e de outras pessoas envolvidas de diferentes maneiras com a reorientação da assistência psiquiátrica em âmbito nacional, estadual e local – busca, na fixação desses indivíduos, contribuir para a compreensão ampliada da realidade atual e futura do campo da saúde/saúde mental.