A Educação do Corpo na Sociedade do Capital

Ref: 4139067

Compreender a maneira como o trabalho organiza a nossa existência corporal é o foco central desta obra.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 0,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-172-3


Edição: 1


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 216


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Tadeu João Ribeiro Baptista.

O corpo é a expressão material/espiritual do ser humano e, por isso, está subordinado à organização material da existência. Em outras palavras, isso significa considerar o trabalho como o elemento constitutivo do corpo em toda a história. Compreender a maneira como o trabalho organiza a nossa existência corporal, considerando ainda as características particulares dos processos de alienação, fetiche e reificação é o foco central desta obra. Assim, a partir da perspectiva do materialismo dialético, este texto procura compreender, sobretudo, como o processo de trabalho capitalista em suas leis mais gerais e a indústria cultural como um dos postos avançados na disseminação de um modelo de corpo considerado saudável e belo, contribuem para o processo de Educação do Corpo na sociedade Capitalista.
Partindo predominantemente de autores de base dialética materialista como Marx, Lukács e Adorno, pretendemos entender o processo de determinação das relações sociais que entendem o corpo da consciência e a consciência do corpo como lócus de intervenção do modelo de produção vigente.