A Abordagem de Formação Professor Reflexivo: Negação do Conhecimento Disfarçada de Inovação Pedagógica

Ref: 978-85-473-1237-4

O livro A abordagem de formação Professor Reflexivo: negação do conhecimento disfarçada de inovação pedagógica propõe uma análise dessa abordagem, que tem fundamentado a formação docente com intensidade desde a década de 1990. A autora identifica os disfarces dessa metodologia que se propõe a desenvolver a autonomia do professor, ao promover o desenvolvimento de uma epistemologia da prática tendo como referência unicamente os saberes cotidianos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1237-4


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 01/06/2018


Número de páginas: 145


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Bruna Ramos Marinho.

O livro A abordagem de formação Professor Reflexivo: negação do conhecimento disfarçada de inovação pedagógica propõe uma análise dessa abordagem, que tem fundamentado a formação docente com intensidade desde a década de 1990. A autora identifica os disfarces dessa metodologia que se propõe a desenvolver a autonomia do professor, ao promover o desenvolvimento de uma epistemologia da prática tendo como referência unicamente os saberes cotidianos. Para essa teoria, o conhecimento científico é um obstáculo à criatividade, à autonomia e à eficiência na resolução de problemas da prática pedagógica. No entanto, por meio do seu arcabouço teórico, esta obra deixa claro que o Professor Reflexivo, como abordagem de formação docente, caminha na contramão do desenvolvimento de uma consciência do professor que dê conta de analisar o real na sua complexidade para desenvolver um conhecimento prático para a resolução dos problemas pedagógicos ao prescindir do conhecimento científico. Mais do que isso, um professor formado nesses moldes pode, inclusive, promover um trabalho educativo que, na verdade, cerceia o desenvolvimento das potencialidades máximas das futuras gerações.