A Morte e o Morrer em UTI: Família e Equipe Médica em Cena

Ref: 978-85-473-0556-7

Este livro é um belíssimo estudo, com uma amplitude e uma profundidade exemplares, que considera o ser humano, seja ele paciente, familiar, médico, entre outros, em suas dimensões biológica, psicológica, social e espiritual. Evoca o ensinamento de Ortega y Gasset: “Yo soy yo y mi circunstancia y si no la salvo a ella no me salvo yo”.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 51,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0556-7


Edição: 1


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 251


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Mayla Cosmo Monteiro.

Este livro é um belíssimo estudo, com uma amplitude e uma profundidade exemplares, que considera o ser humano, seja ele paciente, familiar, médico, entre outros, em suas dimensões biológica, psicológica, social e espiritual. Evoca o ensinamento de Ortega y Gasset: “Yo soy yo y mi circunstancia y si no la salvo a ella no me salvo yo”.

O progresso técnico da Medicina tem levado a uma extrema objetivação na consideração do paciente. E, muitas vezes, esse paciente é esquecido, lembrando-se apenas dos sintomas, dos sinais e das doenças. Dessa forma, a vida do corpo tornou-se mais importante que a vida da pessoa. Esta bela obra resgata pontos importantíssimos que devem ser observados em situações críticas e terminais. Nessas situações, muitas vezes, o sofrimento dos familiares é maior do que o sofrimento do paciente, que, por vezes, nem está “presente”.       

O livro leva-nos ao conhecimento da enorme complexidade existente na UTI, especialmente em situações de terminalidade; e, muito mais, aponta-nosos caminhos a serem trilhados pelos diversos tipos de profissionais que atendem aos pacientes e às suas famílias, ao médico e às suas equipes. Apresenta-nos a diferença entre situações idealizadas ao longo da história e as existentes em nossos dias, frutos de enormes “inovações” em nossa sociedade. Também nos mostra quão importante é a profunda reflexão, muito além de pensamentos apenas reflexos, para que as ações tragam reais benefícios para o paciente e seus familiares.

Uma das grandes qualidades deste estudo é evidenciar a absoluta necessidade de introduzirmos no currículo das escolas da área de Medicina matérias que abordem essas questões, como as Ciências Humanas aplicadas à Medicina: Filosofia, Sociologia, Antropologia, Ética etc. O progresso das Ciências Médicas levou-nos a uma extrema objetivação do ofício, relegando ao quase esquecimento o que era a Medicina em sua história.

Esta obra traz grande enriquecimento à atividade médica, e sua leitura é importantíssima para todos os profissionais que atuam no atendimento de pacientes.

Dr. Luiz Roberto Londres

Doutor em Medicina