A Problemática Identificatória Obsessiva

Ref: 978-85-473-0734-9

Com base em um caso clínico e respaldando-se na metodologia psicanalítica, esta obra debruça-se nas raízes da culpa e da dúvida, sintomas clássicos dessa neurose, para responder à seguinte questão: o estudo da problemática identificatória pode ser considerado o eixo norteador para a compreensão da dúvida e da culpa em casos de neurose obsessiva?


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 0,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0734-9


Edição: 1


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 325


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Henrique Guilherme Scatolin.

Com base em um caso clínico e respaldando-se na metodologia psicanalítica, esta obra debruça-se nas raízes da culpa e da dúvida, sintomas clássicos dessa neurose, para responder à seguinte questão: o estudo da problemática identificatória pode ser considerado o eixo norteador para a compreensão da dúvida e da culpa em casos de neurose obsessiva? A partir da metapsicologia, da psicopatologia freudiana e dos legados de Piera Aulagnier à psicanálise de Sigmund Freud, este livro traz a rica história de um paciente e de toda a sua conjuntura familiar para elucidar essa problemática.

 

Assim, os leitores deparar-se-ão com capítulos que versam sobre a constituição psíquica masculina na teoria freudiana, passando pelo legado da psicopatologia e das contribuições dos pós-freudianos à compreensão dessa intrigante neurose. O que será que há na raiz da problemática identificatória obsessiva? O que há de tão singular na história desse paciente? Assim, convido todos a um mergulho nesta leitura.