Educação em Perspectiva Crítica: Inquietudes, Análises e Experiências

Ref: 978-85-473-0256-6

Apesar dos múltiplos olhares e leituras sobre Educação, os textos aqui publicados vêm complementar a discussão e apresentar ao leitor temas que possam ampliar sua visão sobre o assunto. A primeira parte do livro, “História e Filosofia da Educação”, vai focar nas questões de infância e criança, laicidade e educação católica no Brasil e na África, as mudanças e interpretações legais da Educação Infantil no Brasil ao longo do século XX, a educação sob a ótica de Gramsci e István Mészáros, Adorno, Horkheimer e Saviani e também o tema da utilização dos livros didáticos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 54,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 24,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0256-6


ISBN Digital: 978-85-473-0256-6


Edição:


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 305


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 21 cm


1. Ernando Brito Gonçalves Junior.

Apesar dos múltiplos olhares e leituras sobre Educação, os textos aqui publicados vêm complementar a discussão e apresentar ao leitor temas que possam ampliar sua visão sobre o assunto.

A primeira parte do livro, “História e Filosofia da Educação”, vai focar nas questões de infância e criança, laicidade e educação católica no Brasil e na África, as mudanças e interpretações legais da Educação Infantil no Brasil ao longo do século XX, a educação sob a ótica de Gramsci e István Mészáros, Adorno, Horkheimer e Saviani e também o tema da utilização dos livros didáticos.

A segunda parte, “Metodologia Educacional”, reúne textos que versam sobre estratégias diferenciadas sobre a educação e a utilização da internet como ferramenta pedagógica, além das experiências e práticas dos autores aplicadas a universidades do México. Discute-se também a importância do estudo da cultura africana e afro-brasileira para a educação brasileira.

Em “Políticas Educacionais”, apresentam-se uma análise sobre os PCNs e a Educação Especial, uma crítica ao modelo capitalista e seu impacto na educação por meio da influência da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e uma discussão sobre os impactos da proposta da Educação Integral e a construção de seu currículo. Ainda se lança luz sobre as imbricações sociais e políticas da relação entre penas prisionais e a educação, além de uma análise conjuntural sobre o desenvolvimento de alguns aspectos da universidade brasileira, destacando os entraves e avanços em seu itinerário.

Longe de esgotar o assunto, este livro possui como foco principal instigar o leitor a olhar de maneira mais crítica para a educação e para o mundo que nos cerca.