05/08/2020

A importância do valor da cultura visual nos nossos dias

Tags: BLOG

05/08/2020 - Por: Sergio Luiz Pereira da Silva

Por que é importante sabermos o que é cultura visual e entendermos em que medida esse tipo de cultura afeta nossas vidas?

A nossa vida cotidiana é processada a partir de novos fenômenos contemporâneos, dos quais a cultura visual é um dos mais importante, pois estamos imersos no turbilhão de imagens que produzimos, consumimos e compartilhamos a todo instante, na medida em vivemos conectados a um excesso de imagens em telas e dispositivos dentro e fora de redes de internet. A cultura visual é um termo que deriva das mudanças promovidas pela sociedade da informação. Nessa sociedade, a produção, circulação e consumo de imagens nos faz sujeitos de uma prática visual em tempo integral.

Vemos e somos vistos através de dispositivos e isso nos leva a outro patamar cultural, no qual as imagens se pronunciam diante de nós de forma muito distinta do que foi há alguns anos. A forma como vemos e como somos vistos nesse tipo de cultura exerce novas formas de controle sobre nossas práticas sociais.

 Na cultural visual, nossa visão é mediada por próteses visuais, como as máquinas digitais, que usamos para enxergamos as coisas, registrá-las e fazê-las circular nas nossas relações virtuais. Por isso precisamos saber qual o nosso papel e qual a nossa responsabilidade nessa nova conjuntura cultural.

Só uma nova reflexão nos leva a compreender a nova forma de olhar dentro da cultura visual, na qual as imagens são dinamizadas por novas formas de desenvolvimento da percepção estética da vida cotidiana. Com isso, a cultura visual nos ajuda a promover uma nova forma de lidarmos com as imagens de maneira geral e com a nossa imagem de forma particular.

Para entender a conjuntura do fenômeno da cultura visual, recomendamos o livro Gozo Estético na Cultura Visual: fotografia, memória e alienação social, publicado pela Editora Appris.


 

Sobre o autor: 

Sergio Luiz Pereira da Silva é doutor em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Mestre e bacharel em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Pós-dourado em Ciências Socais pela Universidad de Cádiz.

É sociólogo, fotógrafo e professor associado III de Teoria Crítica, Estudos Culturais e Cultura Visual, da Faculdade de Ciências Sociais da do Programa de Po?s-Graduac?a?o em Memo?ria Social  da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio.

E? autor dos livros:

  • Sociedade da Diferença: formações identita?rias e esfera pública na sociedade global, publicado pela Editora Mauad;
  • Impressões Sociológicas Interdisciplinares: saberes partilhados e fronteiras do conhecimento, publicado pela Editorial Acadêmica Espanhola;
  • O Lugar do Outro: ação comunicativa, representações sociais e identidade, publicado pela Editora NUPEN/UFRJ;
  • Gozo Estético na Cultura Visual: fotografia, memória e alienação social, publicado pela Editora Appris.