18/03/2021

Cinza: a Cor do Momento

Tags: BLOG

18/03/2021 - Anna Luisa Araújo

Diversos são os estudos realizados em todos os lugares do mundo que observam e comprovam que cores e emoções estão associadas. Dentre eles, e de acordo com a cultura milenar chinesa, cinza é a cor que está diretamente relacionada à sensação de tristeza; além disso, tal estudo afirma que o ambiente externo nada mais é do que o reflexo de nosso estado emocional interno.

Não por acaso nem por coincidência, o cinza tomou conta do pedaço, é a cor queridinha do momento. Aquela que está em maior evidência nos catálogos de design e decorações, talvez porque nossos olhos e nossos corações estejam acinzentados também.

O cinza traz bem-estar aos olhos e aos corações tristes porque não enxergamos o colorido mais. O concreto tomou conta de nossas vidas em vez do verde das árvores e o azul do céu. Nossos escritórios se tornaram nossas casas onde passamos a maior parte do tempo, e o nosso lar, onde deveríamos repousar e apreciar nosso descanso com quem mais amamos, virou nosso local de trabalho.

O cinza está em todo lugar: no nosso trabalho, nas nossas casas, nas estações de metrô, nos meios de transporte, nos edifícios, academias... Vivemos em várias caixinhas com diversos tons de cinza, que se intercalam entre o cinza do metal e o cinza do concreto. Até nós estamos perdendo a cor devido a pouca exposição ao sol, tornando-nos pálidos, quiçá acinzentados também.

Como dizia uma antiga e bela canção: “apagaram tudo, pintaram tudo de cinza. Só ficou no muro, tristeza e tinta fresca”.

Então, diante disso, que possamos permitir mudar essa moda. Que possamos abrir nossas janelas e permitir que o amarelo do sol adentre em nossas casas, que plantemos uma árvore ou duas, talvez, e o verde da esperança retorne em um lindo canto de algum pássaro que virá visitá-la. Que possamos caminhar mais e apreciar o belo azul do céu, que possamos olhar nos olhos de outras pessoas e observar o vermelho da vida em suas bochechas, que o colorido volte a nossas vidas como um lindo arco-íris e nos preencha novamente com as sensações de vida, alegria e amor.

Acesse o livro da autora neste link


Anna Luisa Araújo, tem 33 anos, é Terapeuta Comportamental, assistente social, bióloga, especialista em Saúde da Família e autora deste livro, O outro lado. Estudou diversos campos, dentre eles a Programação Neurolinguística, Parapsicologia, Teoria Cognitiva Quântica, Psicanálise, Constelações Familiares, Budismo, Espiritismo, Yoga e Ho’oponopono. Vive em Cachoeiro de Itapemirim, uma pequena cidade do interior do estado do Espírito Santo. É colecionadora de bons amigos e de momentos inesquecíveis. Anna Luisa é apaixonada por tudo de incrível que a vida é capaz de lhe proporcionar.