27/06/2022

Voltar ao passado e chegar ao consenso: desafios para o tempo presente

Tags: BLOG

27/06/2022 - Prof. Dr. Gabriel Terra Pereira autor de História e Diplomacia na Trajetória de Hélio Lobo (1908-1939)

Em um mundo caótico e cada vez mais pautado pelo ódio e pela  intolerância, duas atitudes apresentam-se como importantes para não apenas entendê-lo, mas por que não, modificá-lo: voltarmo-nos ao passado e saber construir o consenso.

Voltar ao passado nos possibilita encarar problemas e crises do presente, desvendar pontos de vista diferentes e abrir horizontes. É, ao fim, entendermo-nos. Estes são alguns dos argumentos que justificam a importância de se estudar e compreender a história no tempo presente.

Do mesmo modo, não é tarefa fácil construirmos o consenso em um mundo pautado por problemas e contradições sociais cada vez mais graves como o racismo e a xenofobia. A diplomacia, bastante associada à condução dos negócios estrangeiros de um país, pode ser vista também como uma ferramenta de construção de uma sociedade e de um mundo mais justos, equilibrados e pautados no bem comum.

Quando refletimos e empregamos essas atitudes na realidade brasileira, o ano de 2022 é sintomático: são duzentos anos de uma independência muitas vezes questionada pela posição do país no mundo atual, ou mesmo de uma história marcada pela dependência política e econômica de outros povos, países e continentes.

Como se deu esse processo que nos conduziu a um tempo em que precisamos, mais do que nunca, conhecer a história do Brasil, seus problemas e seus desafios, bem como refletir sobre a possibilidade de construirmos outro tipo de sociedade?

Para saber mais sobre estas e outras questões conheça a obra “História e diplomacia na trajetória de Hélio Lobo (1908-1939)”, publicado pela Editora Appris em 2022.


Prof. Dr. Gabriel Terra Pereira possui experiência na área de História, com ênfase em História Política, História do Brasil e História das Relações Internacionais do Brasil republicano (Primeira República). A formação se complementa com o mestrado e o doutorado em História e Cultura Política pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) – campus Franca. É autor de textos em revistas científicas e capítulos de livros, além de ter publicado "A diplomacia da americanização de Salvador de Mendonça (1889-1898)" pela Editora Cultura Acadêmica em 2009 e “História e diplomacia na trajetória de Hélio Lobo (1908-1939)” pela Editora Appris em 2022. Atualmente é professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – campus Catanduva –, onde compõe, como representante do segmento docente, o Conselho de Campus (ConCam), foi coordenador de Extensão entre 2017 e 2019 e representou, entre 2019-2021, o segmento docente no Conselho de Extensão (CONEX) da mesma instituição.