“Se a Carapuça Serviu…”: A Cultura das Indiretas e a Violência Simbólica no Facebook

Ref: 978-85-473-0926-8

Quem nunca se deparou com um post de outro usuário e pensou: “Aquilo foi uma indireta para mim” ou simplesmente publicou algo direcionado a alguém, mesmo sem citar a pessoa? Então que atire a primeira pedra.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 57,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Código de barras: 978-85-473-0926-8


ISBN: 978-85-473-0926-8


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 275


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 3 cm


1. Letícia Ribeiro Schinestsck.

Quem nunca se deparou com um post de outro usuário e pensou: “Aquilo foi uma indireta para mim” ou simplesmente publicou algo direcionado a alguém, mesmo sem citar a pessoa? Então que atire a primeira pedra. O fato é que vivemos em uma sociedade hiperconectada e líquida, que demanda que sejamos bem mais do que um simples endereço de IP. Neste livro a autora buscou insumos teóricos e elementos que ajudassem a entender como se dá tal representação on-line no Facebook. A partir de postagens retiradas de páginas, trouxe para a discussão essa prática corriqueira que chama de “indiretas”. A ideia é fazer uma Análise do Discurso Mediado por Computador a fim de discutir de que forma a violência simbólica emerge pelo “não dito” e arrecada “alvos” por meio de discursos e imagens que muito podem se confundir com humor e ironia, mas que têm em suas entrelinhas uma ameaça direta à face de outro usuário, apesar de não estar explicitada na conversação. Por intermédio de características da internet, públicos em rede, apropriações, convenções e rituais utilizados pelos usuários na hora de integrarem-se ao coletivo e assegurarem sua representação no ambiente on-line, Letícia Ribeiro Schinestsck identifica pontos que apesar de travestidos de humor, e até de “zoeira”, carregam em sua essência uma violência simbólica, um discurso que é amplificado e perpetuado em sites de redes sociais como o Facebook.