Fenomenologia e Psicologia: A(s) Teoria(s) e Práticas de Pesquisa

Ref: 978-85-473-0694-6

A psicologia e a fenomenologia são áreas que fascinam pelas suas formas de pensar o humano, pois pensar o humano significa ir além: é pensar o homem em suas possibilidades e capacidades de enfrentar. É conceber a pessoa em sua dimensão de ser-no-mundo, que tem uma forma muito própria de olhar a vida, a si mesmo e ao outro. É compreender três olhares fundamentais: o olhar que lanço sobre mim, o olhar que lanço sobre o outro e o olhar que lanço sobre o olhar do outro, e me possibilitam ser quem sou.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 70,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 31,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0694-6


ISBN Digital: 978-85-473-0694-6


Edição:


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 270


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 21 cm


Comprimento: 27 cm


Altura: 2 cm


1. Ewerton Helder Bentes de Castro.

A psicologia e a fenomenologia são áreas que fascinam pelas suas formas de pensar o humano, pois pensar o humano significa ir além: é pensar o homem em suas possibilidades e capacidades de enfrentar. É conceber a pessoa em sua dimensão de ser-no-mundo, que tem uma forma muito própria de olhar a vida, a si mesmo e ao outro. É compreender três olhares fundamentais: o olhar que lanço sobre mim, o olhar que lanço sobre o outro e o olhar que lanço sobre o olhar do outro, e me possibilitam ser quem sou. É necessário ir além da patologização do humano. A necessidade é de olhar o mundo de frente e redimensionar as relações. Quem somos? Como somos? Como conceber a vida? A vida é plena de encontros, desencontros e reencontros. Ao compreendê-la assim, possibilitamo-nos seguir adiante na busca de nós mesmos na comunhão com o outro.

A proposta desta obra é pensar a Psicologia partindo do pensamento de autores significativos da fenomenologia – Martin Heidegger, Maurice Merleau-Ponty e Jean-Paul Sartre – e, a partir de então, explicitar as características do Método Fenomenológico de Pesquisa em Psicologia. Considerando tal proposta, são apresentadas aqui pesquisas realizadas com amazônidas, com temas contemporâneos, plenos de significados e de ressignificações. Quem somos nós? Como pensamos? Estamos incrustrados na maior floresta do planeta, sendo o resultado da heterogeneidade de mais de cem etnias distribuídas e, portanto, como o Rio Amazonas, jovem e em completo processo de reconstrução de suas margens (considerando que a cada cheia a orla se modifica), em contínua modificação, como nossa cultura. Ou seriam culturas amazônidas? Nascer em uma cidade onde esse rio tem 1653 metros de largura e 73 de profundidade possibilitou querer ir além. Conhecer e compreender a forma de pensar do amazônida é provavelmente o maior objetivo desta obra. Somos filhos das águas e da selva. Somos o povo das águas e das florestas. Somos a genuína verve do povo brasileiro. Um povo alegre, que dança e canta o orgulho de ser quem é. Somos nós, os filhos de Iara e de Boitatá, que permeiam o ser-que-somos.