Empresa e Função Social: Aspectos em Prol da Dignidade Humana

Ref: 978-85-8192-807-4

A construção deste livro foi pouco convencional, haja vista a experiência profissional de Paulo de Assis Ferreira da Luz, que tenderia a estudar as atividades empresariais sob a perspectiva tradiciona


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-807-4


Edição:


Ano da edição: 2015


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 163


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 21 cm


1. Paulo de Assis Ferreira da Luz.

A construção deste livro foi pouco convencional, haja vista a experiência profissional de Paulo de Assis Ferreira da Luz, que tenderia a estudar as atividades empresariais sob a perspectiva tradicional... Como isso não ocorreu, foi essa a primeira das peculiaridades desta obra: a busca de se ajustar um estudo que analisasse as interações relacionais da empresa sob a perspectiva da Constituição Federal, sobretudo respeitando-se os aspectos próprios do Direito Econômico e, concomitantemente, a busca pela justiça social e, mais ainda, da promoção da dignidade da pessoa humana.
Sob essas premissas básicas, fugiu-se da análise tradicional da atividade empresarial para observar sua importância como um dos possíveis alicerces na incessante busca da justiça social e do atendimento das máximas em prol da dignidade da pessoa humana, compreendendo-se, pois, que os fins da citada atividade não se devem restringir à captação de lucros, mas ela deverá ter também como metas a colaboração na construção de uma sociedade mais justa e digna para todos os cidadãos.
Obviamente, EMPRESA E FUNÇÃO SOCIAL: ASPECTOS EM PROL DA DIGNIDADE HUMANA não esgota o assunto e a temática, porém, traz as primeiras análises necessárias para uma melhor delimitação da linha de estudo que se deve incentivar a prosseguir e que tem também por meta comprovar que a empresa não deve ser apenas lucro... A atividade empresarial é muito mais importante que isso... Sobretudo para a sociedade.