Geo-grafias da Comunidade: Investigações a Partir do Excesso da Vida e a Margem da Multidão

Ref: 4405489

A inquietação e atopia são duas marcas distintivas decisivas do texto que se tem em mãos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 54,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-632-2


Edição:


Ano da edição: 2015


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 239


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Frederico Canuto.

A inquietação e atopia são duas marcas distintivas decisivas do texto que se tem em mãos. Experimental, sem lugar pré-definido entre os compartimentos estáveis e estanques que a produção acadêmica quase sempre cria para si, Geo-grafias da comunidade: investigações a partir do excesso da vida e a margem da multidão, é um livro ensaístico que desafia o leitor ao retirar dele o chão firme, o território seguro de referências conhecidas e tranquilizadoras. Ao instigá-lo a percorrer um novo local e a produzir novos mapas (outras formas de inscrição e leitura), o livro e seu autor propõem o risco - e também o prazer - de encontrar outras formas de pensar e de viver.

Gustavo Silveira Ribeiro
Bacharel em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais UFMG (2005). Mestre em Literatura Brasileira (2008) e Doutor em Literatura Comparada pela mesma instituição. É professor adjunto de Literatura Brasileira do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia (UFBA).