Introdução à Cidadania na Escola

Ref: 978-85-473-0625-0

Introdução à cidadania na escola é um livro voltado ao público jovem, aos estudantes dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio. Seu objetivo é contribuir na complementação do currículo escolar, como tema transversal de formação para o exercício da cidadania.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 21,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0625-0


ISBN Digital: 978-85-473-0625-0


Edição:


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 110


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Francisco de Assis Rodrigues Ferreira.

Introdução à cidadania na escola é um livro voltado ao público jovem, aos estudantes dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio. Seu objetivo é contribuir na complementação do currículo escolar, como tema transversal de formação para o exercício da cidadania.

O currículo escolar brasileiro contempla disciplinas que pretendem desenvolver nos jovens a capacidade para a realização de atividades lógicas e matemáticas, para a comunicação e para a compreensão do mundo físico e da sociedade, mas o desenvolvimento de atributos de sociabilização muitas vezes é negligenciado.

Pensando nisso, este livro foi desenvolvido com base em conhecimentos psicopedagógicos e em práticas do autor como conciliador judicial, para transmitir aos jovens alguns conhecimentos e reflexões sobre como a sociedade funciona, seus direitos e deveres e uma expectativa de como lidar com isso.

Com essa finalidade, a obra é dividida em três tópicos.

No primeiro, o leitor é levado a entender que a sociedade baseia-se nas relações entre os indivíduos, que eles necessitam dessas relações, as quais precisam de regras para serem benéficas, e que essas regras existem na forma de leis e regulamentos.

No segundo tópico, são apresentados ao leitor alguns direitos básicos das pessoas e, principalmente, de crianças e adolescentes, como também são apontados alguns de seus deveres e obrigações.

No terceiro, o leitor é levado a compreender que a sociedade não é perfeita, que nela há conflitos, os quais podem ser direcionados para fins positivos e que, além disso, a sociedade atual está repleta de oportunidades para o engrandecimento pessoal do indivíduo, sendo a principal delas a educação.

No transcorrer do livro há vários exemplos práticos, de casos e personagens fictícios, que instigam o interesse do leitor ao longo de pequenos intervalos.