Manicômio Judiciário: Da Memória Interrompida ao Silêncio da Loucura

Ref: 4214112

Quando a aspereza da vida nos sufoca, já não se trata de ver, mas de fazer, pois a realidade se inventa e se produz.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-341-3


Edição:


Ano da edição: 2014


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 182


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Elza Ibrahim.

Quando a aspereza da vida nos sufoca, já não se trata de ver, mas de fazer, pois a realidade se inventa e se produz. A originalidade do livro de Elza Ibrahim, que teve início na universidade, é o processo em que esta pesquisa foi sendo construída, buscando nesta fecunda articulação teórico-prática, atenuar o sofrimento psicossocial dos pacientes internados no Manicômio Judiciário.
Ao passar a palavra aos "desconhecidos", que facilmente podemos nomear como socialmente invisíveis, Elza devolve a todos um olhar que possibilita ao outro o reconhecimento de ser sujeito. Caminhando na tênue fronteira que divide o trabalho acadêmico (de pesquisa) e o da militância (da ação) Elza consegue um equilíbrio não apenas desejável como exemplar, para todos aqueles que acreditam no compromisso ético/social que a pesquisa deve ter.