O Ato Estético-Político: Uma Interpretação Psicanalítica

Ref: 978-85-473-0456-0

O livro Ato estético-político: uma interpretação psicanalítica trata de uma pesquisa sobre dois coletivos urbanos da cidade de Porto Alegre/RS: Defesa Pública da Alegria e Cambada em Ação Direta Levanta Favela. Neste livro trazemos as reflexões de uma pesquisa em psicanálise lacaniana e teoria política. Para tanto, chamamos aqui de ato estético-político as estratégias políticas desses coletivos que, de alguma maneira, convocam os sujeitos a experimentarem outras estéticas para a política e, assim, criam formas de resistir politicamente no laço social com arte e ousadia.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 27,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0456-0


ISBN Digital: 978-85-473-0456-0


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 169


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 21 cm


1. Nadir Lara Junior.

O livro Ato estético-político: uma interpretação psicanalítica trata de uma pesquisa sobre dois coletivos urbanos da cidade de Porto Alegre/RS: Defesa Pública da Alegria e Cambada em Ação Direta Levanta Favela. Neste livro trazemos as reflexões de uma pesquisa em psicanálise lacaniana e teoria política. Para tanto, chamamos aqui de ato estético-político as estratégias políticas desses coletivos que, de alguma maneira, convocam os sujeitos a experimentarem outras estéticas para a política e, assim, criam formas de resistir politicamente no laço social com arte e ousadia. No  ato estético-político as pessoas fazem política dançando, cantando, interpretando, discursando e especialmente, vivendo, mesmo que por um instante, aquilo que estão reivindicando. Diante disso, a obra nos ajuda a perceber que há pessoas comprometidas com o resgate da política como uma ação do povo e não como algo relegado às instâncias formais do Estado. É um livro que traz, por um lado, o rigor de uma pesquisa acadêmica e, por outro, uma linguagem de esperança diante de um cenário político tão desgastado como este que temos hoje no Brasil. Desejamos uma boa leitura!