O Impacto do Ideb na Educação de Barra Mansa-RJ

Ref: 4328879

A presente pesquisa teve como objetivo analisar as ações implementadas pelos gestores escolares da rede municipal de ensino de Barra Mansa/RJ a partir dos resultados do IDEB de 2007 e 2009.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-459-5


Edição: 1


Ano da edição: 2014


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 121


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Flordelia Rodrigues da Silva.

A presente pesquisa teve como objetivo analisar as ações implementadas pelos gestores escolares da rede municipal de ensino de Barra Mansa/RJ a partir dos resultados do IDEB de 2007 e 2009. Este trabalho fundamentou-se na literatura sobre políticas públicas, escolas eficazes, avaliação da educação básica e gestão escolar. A pesquisa, de cunho quanti-qualitativo, foi desenvolvida em quatro escolas de Barra Mansa e os sujeitos que fizeram parte da investigação, foram os gestores e professores. A pesquisa iniciou-se por meio de levantamento de dados que pudessem revelar os fatores que contribuíram para melhoria do IDEB dessas escolas. Foram aplicados questionários aos professores e diretores e entrevistas semiestruturadas aos diretores. Com o desenvolvimento da pesquisa e análise dos dados, observou-se que das quatro escolas investigadas, duas possuem nível socioeconômico médio e as outras duas, baixo; as escolas possuem os mesmos materiais e recursos; as diretoras, após o resultado do IDEB de 2007, realizaram um diagnóstico sobre o que estava impactando os resultados e apontou que a baixa autoestima dos alunos era um fator que impedia o sucesso das escolas, e a partir daí, os gestores desenvolveram projetos e ações para resgatar a autoestima e recuperar o baixo rendimento dos alunos. Cada diretora procurou, junto com a equipe gestora, realizar ações de melhoria do processo ensino/aprendizagem, como: acompanhamento sistemático da frequência; recuperação paralela monitorada; reforço intensivo para os alunos; aquisição de materiais diversos com verbas federais e municipais; aproveitamento dos tempos disponíveis destinados à capacitação em serviço para orientação dos professores; reuniões com os pais e comunidade para conscientização da importância da família para o aluno. Os achados da pesquisa evidenciaram que se pode tornar uma escola eficaz independente de seu nível socioeconômico, à medida que os gestores, dentro de sua autonomia, procurem realizar ações que possibilitem o sucesso da escola.