O Livro Didático de História no Cotidiano Escolar

Ref: 4176449

Um dos objetivos da pesquisa foi analisar o processo de escolha dos livros didáticos no Estado do Ceará, relacionando-o com os usos que se faz deste instrumento no cotidiano da sala de aula.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 72,00 R$ 43,20 40% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-251-5


Edição: 1


Ano da edição: 2014


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 336


Peso: 200 gramas


Largura: 17 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Isaíde Bandeira da Silva.

O presente livro nasceu da revisão de nossa tese de doutorado, defendida em 2009 com o título O Livro Didático de História: um caleidoscópio de escolhas e usos no cotidiano escolar, que agora vem a público depois de revisada e algumas partes resumidas. Um dos objetivos da pesquisa foi analisar o processo de escolha dos livros didáticos no Estado do Ceará, relacionando-o com os usos que se faz deste instrumento no cotidiano da sala de aula. Este trabalho foi escrito no período de 2007 a 2009, e reflete a pesquisa, documental e de campo em dois municípios do Estado do Ceará: Fortaleza e Quixadá, nos quais pesquisamos diretamente quatro escolas públicas, uma turma de 6º ano diurno em cada escola. Realizamos entrevistas e fizemos observação direta durante todas as aulas de História do ano letivo de 2008 das quatro turmas investigadas. E finalizamos com uma Roda de Conversa com os alunos de cada turma. Utilizamos como categoria de análise o conceito de apropriação, de Roger Chartier, as categorias de estratégias e táticas, de Micheal de Certeau, como também o conceito de cultura escolar cunhado por Dominique Julia. Percebemos o livro didático na perspectiva de Alain Choppin e Egil Borre Johnsen, portanto, um objeto cultural complexo. Decidimos não atualizar os dados obtidos na pesquisa empírica da tese, pois com base neles pudemos constatar que o livro didático apesar de ocupar, ainda hoje, um espaço relevante nas salas de aulas, é subutilizado, tendo em vista que no cotidiano, em geral, apenas o texto principal de cada capítulo é trabalhado, a despeito das transformações teóricas, pedagógicas e gráficas na produção do livro didático. Fazemos uma analogia do livro didático de História com um caleidoscópio que emite diferentes imagens conforme quem o use, num conjunto de fios coloridos, considerando que é um documento que comporta vários outros documentos, e oferece inúmeras possibilidades de usos no Cotidiano Escolar.