O Príncipe Digital

Ref: 978-85-473-0217-7

Como fazer um jornalismo eficaz em meio a tantas possibilidades proporcionadas pela internet? Como conquistar e cativar a audiência que se pulveriza num vasto ambiente on-line? A jornalista e pesquisadora Maíra Bittencourt propõe que a resposta para esses questionamentos não está necessariamente em modelos, formatos e linguagens jornalísticos inovadores. Essa resposta está em um âmbito bem mais profundo. É preciso compreender as raízes da transformação e pensar naquilo que mudou nas estruturas de poder e no estilo de vida da sociedade.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 28,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0217-7


ISBN Digital: 978-85-473-0217-7


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 349


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Maíra Bittencourt.

Como fazer um jornalismo eficaz em meio a tantas possibilidades proporcionadas pela internet? Como conquistar e cativar a audiência que se pulveriza num vasto ambiente on-line? A jornalista e pesquisadora Maíra Bittencourt propõe que a resposta para esses questionamentos não está necessariamente em modelos, formatos e linguagens jornalísticos inovadores. Essa resposta está em um âmbito bem mais profundo. É preciso compreender as raízes da transformação e pensar naquilo que mudou nas estruturas de poder e no estilo de vida da sociedade.

O livro O Príncipe Digital apresenta-se como um instrumento de reflexão acerca das atuais problemáticas sociais e políticas que afetam o Brasil e, por consequência, a comunicação no país. Com base em uma ampla e rigorosa pesquisa de campo realizada em 74 manifestações populares, entre os anos de 2013 e 2015, nas cinco regiões brasileiras, a autora propõe a reformulação de um conceito que atravessou a história moderna – o conceito de Príncipe.

Levando adiante a teoria criada por Maquiavel e revisitada por Gramsci e Octavio Ianni, O Príncipe Digital aponta que se vive não apenas uma crise do jornalismo, mas, em todo o modelo de organização da sociedade, isso envolve o sistema capitalista, democrático e estruturado nas bases de poder vigentes nas sociedades ocidentais.

Pela expressividade dos dados e profundidade teórica, o livro se torna um importante instrumento de pesquisa para aqueles que desejam repensar o jornalismo e compreender os fenômenos do Net-ativismo. A obra traz ainda respostas para questões como: qual o papel dos Youtubers e blogueiros na convocação de pessoas? Qual o espaço dos jornalistas? E quais os conteúdos que mais convocam a população?