O Professor de Matemática no Brasil (1759 – 1879): Aspectos Históricos

Ref: 978-85-473-0160-6

Muitos estudos realizados no Brasil a respeito da formação de professores têm como marco histórico a criação das Escolas Normais e das Universidades e, dentro destas, as Faculdades de Filosofia a partir da década de 30 do século XX. Entretanto, mesmo antes de serem criadas instituições específicas de formação de professores percebe-se a existência de outros mecanismos regulamentando o exercício do magistério e medidas para selecionar aqueles que iriam lecionar nas escolas nos diferentes níveis de ensino. Dentre os aspectos envolvidos na seleção dos professores, está a prática de concursos, presente até os dias de hoje, capaz de revelar quais eram, de fato, as exigências em relação ao conteúdo específico para o exercício do magistério.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0160-6


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 177


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Flávia dos Santos Soares.

Muitos estudos realizados no Brasil a respeito da formação de professores têm como marco histórico a criação das Escolas Normais e das Universidades e, dentro destas, as Faculdades de Filosofia a partir da década de 30 do século XX. Entretanto, mesmo antes de serem criadas instituições específicas de formação de professores percebe-se a existência de outros mecanismos regulamentando o exercício do magistério e medidas para selecionar aqueles que iriam lecionar nas escolas nos diferentes níveis de ensino. Dentre os aspectos envolvidos na seleção dos professores, está a prática de concursos, presente até os dias de hoje, capaz de revelar quais eram, de fato, as exigências em relação ao conteúdo específico para o exercício do magistério.

A análise das provas desses concursos é capaz de desvelar quais as exigências para o exercício do magistério e trazer à tona questões importantes a respeito da concepção da época em relação ao papel do professor, aos conteúdos que deveria ensinar, entre outros aspectos. A partir de pesquisa documental cuidadosa em documentos manuscritos e na legislação da época, este livro reconstitui alguns aspectos da história dos concursos de professores primários e secundários de Matemática no Rio de Janeiro no século XIX, com o intuito de levantar uma discussão acerca da seleção de professores e dos conteúdos exigidos para ocupação desses cargos.

Leitura obrigatória para todos que pesquisam a história da educação matemática e a formação e profissionalização de professores no Brasil.