Pescaria Noturna: Elaborando Criativamente o Lado Escuro da Psique

Ref: 978-85-473-0379-2

Para Jung, a criatividade faz parte da natureza da psique. Psicologicamente falando, a criatividade está na tensão de opostos que ao ser suportada constelará um terceiro elemento. Esse terceiro elemento, ou tertium non datur, não é nem a soma dos dois outros, nem um caminho intermediário, mas algo novo, inédito, que ao ser integrado à consciência poderá ser coagulado em novas respostas a dilemas, novos caminhos artísticos, a saber, a palavra que faltava à poesia, à imagem da pintura, à forma que o escultor buscava ou a qualquer novo redirecionamento de olhar sobre a vida e os relacionamentos. É no diálogo entre consciente e inconsciente, luz e sombra que garimpamos nosso ouro.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 29,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0379-2


ISBN Digital: 978-85-473-0379-2


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 217


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Gloria Lofti.

2. Yedda Raynsford Macdonald.

Para Jung, a criatividade faz parte da natureza da psique. Psicologicamente falando, a criatividade está na tensão de opostos que ao ser suportada constelará um terceiro elemento. Esse terceiro elemento, ou tertium non datur, não é nem a soma dos dois outros, nem um caminho intermediário, mas algo novo, inédito, que ao ser integrado à consciência poderá ser coagulado em novas respostas a dilemas, novos caminhos artísticos, a saber, a palavra que faltava à poesia, à imagem da pintura, à forma que o escultor buscava ou a qualquer novo redirecionamento de olhar sobre a vida e os relacionamentos. É no diálogo entre consciente e inconsciente, luz e sombra que garimpamos nosso ouro.

Neste livro, nove analistas junguianos mostram em seus artigos, a visão de Jung e de alguns de seus seguidores sobre o psiquismo. Mitos, imagens arquetípicas e a expressão da criatividade humana vem enriquecer nossa noção do que é ser Homem. Ser humano é ser perfeito em possibilidades, mas ainda atrapalhado na realidade. Caminhando para a totalidade, meta utópica e sempre à frente, o processo que Jung denomina individuação ou tornar-se si mesmo demanda o confronto com o lado sombrio da personalidade, e para que a sombra seja ampliadora há que se conectar ao potencial criativo.

Os capítulos contidos nesta obra percorrerão o caminho da sombra e da criatividade, dos sonhos e da arte, da poesia, das expressões na prática clínica (desenho, música), bem como o tema da sombra na família, a adolescência, as perdas, o medo e a mitologia. Pescaria Noturna convida-nos a refletir sobre as várias possibilidades criativas de elaborar nosso lado sombrio e nos tornarmos mais conscientes e caminhando no processo contínuo da individuação.