Psicanálise: Ética, Discurso e Ensino

Ref: 4214072

O ensino da psicanálise ainda é, hoje em dia, um tema pouco estudado, independentemente do contexto em que ocorra: nas Instituições Psicanalíticas ou nas Universidades.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 23,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0265-8


ISBN Digital: 978-85-473-0265-8


Edição: 2


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 255


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Júlio Eduardo de Castro.

O ensino da psicanálise ainda é, hoje em dia, um tema pouco estudado, independentemente do contexto em que ocorra: nas Instituições Psicanalíticas ou nas Universidades. Dedicado àqueles que ensinam psicanálise em qualquer um desses dois contextos - ou seja, aos professores-pesquisadores universitários, bem como aos psicanalistas que a ensinam em Instituições não universitárias ¿ este livro aborda e discute o ensino da psicanálise sob a perspectiva da teoria lacaniana dos discursos. Para tal, parte dos discursos mencionados por Lacan, e deles extrai algumas consequências que incidem nessa extensão específica da psicanálise: seu ensino. Da teoria dos discursos e do estilo de ensinar de Lacan, encontrou-se como elemento aí fundamental, a participação da ética da psicanálise por meio de seus operadores (o ato, o saber, o discurso e o desejo do psicanalista). Para examinar o atravessamento ético que incide sobre o ensino da psicanálise, este livro examina ainda a íntima conexão dessa mesma ética com a operação lógica elementar que fundamenta o desejo: a metonímia. Explora também a relação de inversão algorítmica existente entre alguns discursos, justo por considerar a teoria dos discursos dentro de um universo mais amplo: o ensino de Lacan, comparando o que nele era dito e escrito (a mensagem doutrinária) ao modo como era feito (o estilo e o dizer de Lacan).