Referenciais Epistemológicos: A Formação Pedagógica dos Professores da Educação Básica

Ref: 978-85-473-0317-4

O livro de Fernando Guidini apresenta um estudo original sobre os referenciais de conhecimento estruturantes da formação pedagógica dos professores da educação básica. Descobrir quais são esses referenciais é o desafio desta obra. Para tanto, o autor articula dimensões da prática pedagógica desenvolvida na escola e da formação pedagógica recebida no curso de licenciatura.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 57,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 26,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0317-4


ISBN Digital: 978-85-473-0317-4


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 243


Peso: 200 gramas


Largura: 17 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Fernando Guidini.

O livro de Fernando Guidini apresenta um estudo original sobre os referenciais de conhecimento estruturantes da formação pedagógica dos professores da educação básica. Descobrir quais são esses referenciais é o desafio desta obra. Para tanto, o autor articula dimensões da prática pedagógica desenvolvida na escola e da formação pedagógica recebida no curso de licenciatura.

Compreendendo a teoria como expressão da prática, o livro inicialmente dialoga com os campos do conhecimento, das políticas e da formação de professores. Dando o passo para além das práticas pedagógicas teóricas, Guidini propõe uma via metodológica de pesquisa que congrega problematização, descrição, explicação, compreensão e sistematização coletiva desse mesmo conhecimento. Dessa forma, a prática pedagógica é analisada em três níveis de reflexão: os saberes experienciais docentes, os conhecimentos experienciais docentes e os referenciais epistemológicos formativos de professores. Subjaz a esse movimento o princípio da prática pedagógica experienciada, do qual decorrem referenciais embasados naquilo que é o mais específico da profissionalização docente: a realidade da escola de educação básica, seus sujeitos e suas expressões cotidianas.

O que resulta desta obra é uma séria contribuição sobre os processos de formação docente, discorrendo sobre as relações entre escola e licenciatura, problemas decorrentes e possíveis relações. Pela vivência dos professores da educação básica, os referenciais epistemológicos são apresentados como a síntese de um processo dialético, situando a teoria elaborada no marco da prática social e abrindo novas perspectivas para além da reprodução contínua de saberes e conhecimentos.

Além de oferecer uma reflexão teórica séria, Referenciais epistemológicos: a formação pedagógica dos professores da educação básica é um convite à busca por novos processos formativos docentes com excelência acadêmica e compromisso social, no reconhecimento a todos os professores e professoras que, em condições tão adversas, ainda fazem da educação neste país um contínuo ato de transformação.