Repetência: A Avaliação Sob a Ótica das Crianças

Ref: 978-85-473-0120-0

O fracasso escolar de crianças multirrepetentes foi justificado durante anos por fatores biológicos e sociais externos à escola, e esse conceito superficial é ainda muito presente em discursos de docentes e acadêmicos. Mas será que a escola tem ouvido a opinião das crianças? Que significados tem a educação para esses sujeitos com dificuldade de aprendizagem que vivenciaram a reprovação e continuam tentando de alguma forma aprender? Pensando nessas questões, a obra Repetência: a avaliação sob a ótica das crianças vem permear discussões e ponderações em torno desses estudantes, muitas vezes até rotulados como não-aprendentes, destacando a relevância da avaliação da aprendizagem escolar e trazendo para a reflexão sobre esse problema a voz das próprias crianças multirrepetentes.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0120-0


ISBN Digital: 978-85-473-0120-0


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 145


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Gabriela Maia Fischer.

2. Verônica Gesser.

O fracasso escolar de crianças multirrepetentes foi justificado durante anos por fatores biológicos e sociais externos à escola, e esse conceito superficial é ainda muito presente em discursos de docentes e acadêmicos. Mas será que a escola tem ouvido a opinião das crianças? Que significados tem a educação para esses sujeitos com dificuldade de aprendizagem que vivenciaram a reprovação e continuam tentando de alguma forma aprender? Pensando nessas questões, a obra Repetência: a avaliação sob a ótica das crianças vem permear discussões e ponderações em torno desses estudantes, muitas vezes até rotulados como não-aprendentes, destacando a relevância da avaliação da aprendizagem escolar e trazendo para a reflexão sobre esse problema a voz das próprias crianças multirrepetentes. O livro destaca o contexto escolar como espaço social de referência e inúmeras aprendizagens, retratando-o como um ambiente em que muito se fala das crianças e pouquíssimo com as crianças. Juntamente com pensamentos de autores e pesquisadores que discorrem seus estudos nos campos de avaliação, currículo e ensino-aprendizagem, a autora problematiza as relações entre professor, currículo, avaliação e criança, suscitando considerações acerca dos sentidos que as escolas vêm imprimindo nesses estudantes que apresentam dificuldade de aprendizagem e fracassam ao reprovar de ano, por não alcançarem os conhecimentos necessários para o ano escolar seguinte. Uma leitura indispensável a todos que se interessam e acreditam na educação.