Santo Sudário: O que Diz a Ciência

Ref: 978-85-473-1433-0

A partir de diferentes olhares sobre um importante símbolo da cristandade, o chamado “Santo Sudário”, este livro analisa inúmeras controvérsias entre os cientistas que se debruçaram sobre o assunto. Com a perspectiva da sociologia, apresentam-se os resultados da investigação sobre dezenas de artigos publicados sobre o Sudário. Um dos objetivos foi compreender como as controvérsias a favor ou contrárias à autenticidade do Santo Sudário evoluem, são encerradas ou reabertas. Tudo isso para entender o quanto a ciência é influenciada por valores outros que não os da racionalidade técnica. Afinal, o que é uma evidência científica? Quais são as bases para a aceitabilidade ou não de teorias ou afirmações provenientes da ciência? O Santo Sudário pode ser explicado de maneira definitiva?


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 27,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1433-0


ISBN Digital: 978-85-473-1581-8


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 14/05/2018


Número de páginas: 155


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Michelangelo Giotto Santoro Trigueiro.

A partir de diferentes olhares sobre um importante símbolo da cristandade, o chamado “Santo Sudário”, este livro analisa inúmeras controvérsias entre os cientistas que se debruçaram sobre o assunto. Com a perspectiva da sociologia, apresentam-se os resultados da investigação sobre dezenas de artigos publicados sobre o Sudário. Um dos objetivos foi compreender como as controvérsias a favor ou contrárias à autenticidade do Santo Sudário evoluem, são encerradas ou reabertas. Tudo isso para entender o quanto a ciência é influenciada por valores outros que não os da racionalidade técnica. Afinal, o que é uma evidência científica? Quais são as bases para a aceitabilidade ou não de teorias ou afirmações provenientes da ciência? O Santo Sudário pode ser explicado de maneira definitiva?

Considerado por muitos como o tecido que teria servido de mortalha para Jesus, o objeto tem movido paixões ao longo da história. Passou a despertar maiores interesses após uma grande exposição, em 1898, na cidade de Turim. Secondo Pia, ao revelar as fotos capturadas do tecido, deparou-se com uma imagem, no negativo, muito mais nítida do que a olho nu. A partir desse episódio, começou uma corrida para explicar o fato e outros relacionados, a respeito da imagem e das marcas encontradas na figura humana visível.

Com toda essa carga de especulações e curiosidades, o livro não se volta apenas para especialistas, mas também para o grande público, que se pergunta, igualmente, como explicar muitos dos segredos ainda guardados no Santo Sudário. Porém este não é um trabalho de religião; ao contrário, é o resultado de anos de pesquisa, realizada com muita cautela: o assunto assim o exige.