A Deserção da História: Pós-Modernidade e Neoliberalismo como Armas Ideológicas do Capitalismo Global

Ref: 978-85-473-0410-2

Pós-modernidade e Neoliberalismo como Armas Ideológicas do Capitalismo Global


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 54,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 24,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0410-2


ISBN Digital: 978-85-473-0410-2


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 13/02/2017


Número de páginas: 289


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Gilberto Abreu.

A deserção da história: pós-modernidade e neoliberalismo como armas ideológicas do capitalismo global é o resultado da investigação sobre um conjunto de temas que emergem de nossas contraditórias conjunturas, em que se avalia a perda do valor da historicidade nas teorias autoproclamadas como pós-modernas. Destacar, como o fazem, o contexto atual como desapegado do passado e autogerador de um presente contínuo anula a prospectividade, o futuro, e nutre um mal disfarçado sentimento de desprezo pelo passado. Este livro investiga essa questão, demonstra as suas balizas ideológicas e os seus alicerces políticos. Não foi mera coincidência ter ocorrido no início dos anos 1970, justamente no instante em que o sistema capitalista alcançava a máxima atuação planetária, a tão temida crise que se anuncia. A revolução tecnológica alterava as condições gerais de produção, distribuição e consumo, processava-se uma revolução financeira que se despegava delas, provocando uma hipertrofia jamais vista em tempos anteriores. Essas mudanças necessitavam de ideólogos que as confirmassem. Por isso, compreendemos o Neoliberalismo na Economia (proposto desde os anos 1940), então restrito aos meios acadêmicos, e o Pós-Modernismo na Cultura como um “desvio”, conscientemente planejado e executado. Duas correntes justificadoras do capitalismo global. Inescapável. Inultrapassável. Fase final da História.

Mas a História não acabou. Apesar dos que desertaram dela.