Voz, Memória e Literatura: Narrativas Sobre a Violência na América Latina

Ref: 4430522

A América Latina está associada, desde sua origem, à violência através de saques contínuos, processos civilizatórios violentos, guerras civis e militares.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 66,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-704-6


Edição: 1


Ano da edição: 2015


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 371


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Rosane Maria Cardoso.

A América Latina está associada, desde sua origem, à violência através de saques contínuos, processos civilizatórios violentos, guerras civis e militares. Porém, a violência explícita não é a única forma de massacre ou de sofrimento. O conflito pode ser resultado de situações advindas do silenciamento, de memórias sufocadas pela tentativa de esquecer. A pergunta que perpassa as páginas deste livro se volta para as formas de representação da violência em obras da literatura latino-americana contemporânea. Nessa perspectiva, considera-se a ficção, em sua proposta estética, como possibilidade de discutir as relações entre o sujeito e as memórias da violência, pautando as discussões por olhares plurais que problematizam as várias realidades da América Latina. Assim, além de estabelecer o debate sempre polêmico sobre sociedade e estética, o diálogo proposto por este livro escrito por várias mãos busca romper com verdades unilaterais instituídas pela memória oficial, além de trazer reflexões sobre os modos de escritura que vêm se firmando no cenário literário latino-americano, repensando os cânones e a imagem da América Latina na literatura.