O Resto do Sertão: História e Modernidade em Grande Sertão: Veredas

Ref: 978-85-8192-826-5

A obra de Guimarães Rosa tem sido alvo de intensa investigação há pelo menos cinco décadas no Brasil, trabalho crítico que, de alguma forma, definiu alguns vetores básicos da crítica brasileira.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 57,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 31,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-826-5


ISBN Digital: 978-85-8192-826-5


Edição: 1


Ano da edição: 2015


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 241


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 20 cm


1. Felipe Bier.

A obra de Guimarães Rosa tem sido alvo de intensa investigação há pelo menos cinco décadas no Brasil, trabalho crítico que, de alguma forma, definiu alguns vetores básicos da crítica brasileira. De maneira geral Rosa foi sempre encarado como um escritor extraordinário e que devia ser tratado em seus próprios termos. Este livro, no entanto, tem como objetivo trazer Grande sertão: veredas para o chão da história e, com isso, discutir de que maneira a obra rosiana se abre para a modernidade, sendo profundamente afetada pelo moderno na política, no direito e na ética. Trata-se também de um diálogo com a própria crítica, sobretudo no tocante à questão arcaico versus moderno ao qual se tenta construir uma nova visada.