Liderança e Qualidade das Relações Sociais - Relevância para o Comprometimento em Missões de Paz

Ref: 978-85-473-1064-6

Liderança e qualidade das relações sociais: relevância para o comprometimento em missões de paz reúne a experiência dos autores e ampla pesquisa de campo sob um olhar crítico a respeito de  questões fundamentais da administração contemporânea: a liderança e o comprometimento de equipes de trabalho.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 75,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 34,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1064-6


ISBN Digital: 978-85-473-1689-1


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 30/05/2018


Número de páginas: 287


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 21 cm


Comprimento: 27 cm


Altura: 2 cm


1. Fátima Bayma de Oliveira.

2. Paolo Rosi d’Ávila.

3. Valderez Ferreira Fraga.

Liderança e qualidade das relações sociais: relevância para o comprometimento em missões de paz reúne a experiência dos autores e ampla pesquisa de campo sob um olhar crítico a respeito de  questões fundamentais da administração contemporânea: a liderança e o comprometimento de equipes de trabalho.  Impulsionados pela obra de Weber, a construção e o exercício da liderança têm se disseminado nas abordagens comportamentais e na prática gerencial, basta ver a ampla literatura disponível hoje sobre o tema, mas este livro vai além ao relacionar os elementos da liderança à promoção da troca social e ao comprometimento dos indivíduos.  Nesse sentido, escapa do frequente reducionismo que trata a liderança como variável finalística e desconsidera seus efeitos de longo prazo que podem transformar valores e práticas organizacionais.  Ao tomar como objeto de análise uma missão singular das Forças Armadas, a Missão de Paz para Estabilização do Haiti (MINUSTAH) –  onde o estresse cotidiano, a criticidade da ordem e da hierarquia e a convivência com o drama humano podem esgarçar as relações internas aos grupos e com as lideranças –, os autores trazem à tona a importância do componente afetivo na construção do comprometimento organizacional, mediando a qualidade das trocas sociais entre líderes e liderados e internamente às equipes.  Desenvolvida na Escola de Administração da FGV-Rio (EBAPE-FGV), no âmbito do Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Defesa Nacional (Pró-Defesa), promovido pela CAPES, esta obra oferece sólido referencial teórico e profundo trabalho de campo.  Os resultados trazem uma contribuição significativa a todas aquelas organizações que precisam fortalecer os aspectos da liderança, troca social e comprometimento organizacional.  Ou seja, a todas as organizações!

Joaquim Rubens Fontes Filho

Professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas