Texto e Escola: Notas Sobre Produção e Desenvolvimento em Comunicação Escrita

Ref: 978-85-473-1434-7

O livro Texto e escola: notas sobre produção e desenvolvimento em comunicação escrita traz as reflexões em âmbito teórico sobre os fazeres de uma professora de língua portuguesa em sala de aula, diante das dificuldades de escrita de seus alunos. Os bons resultados do trabalho, principalmente com aqueles alunos mais resistentes ao texto escrito, impulsionaram-me à pesquisa de modo a atender quais estratégias foram relevantes nesse processo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1434-7


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 06/09/2018


Número de páginas: 189


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Loide Leite Aragão Pinto.

O livro Texto e escola: notas sobre produção e desenvolvimento em comunicação escrita traz as reflexões em âmbito teórico sobre os fazeres de uma professora de língua portuguesa em sala de aula, diante das dificuldades de escrita de seus alunos. Os bons resultados do trabalho, principalmente com aqueles alunos mais resistentes ao texto escrito, impulsionaram-me à pesquisa de modo a atender quais estratégias foram relevantes nesse processo. Apresentamos os embasamentos teóricos que sustentam nossa epistemologia e metodologia de ensino do trabalho realizado no Instituto Politécnico da Universidade Federal do Rio de Janeiro em Cabo Frio, projeto de extensão da universidade que atuou na região de Cabo frio de 2008 a 2016. Desse modo, procuramos entender como essas estratégias de ensino se organizaram e seus pressupostos norteadores. Discutimos a questão dos direitos e garantias educacionais estabelecidos na Constituição brasileira, demais leis, diretrizes e parâmetros norteadores do ensino. Analisa-se a questão da formação para a cidadania e os objetivos gerais do ensino de Língua Portuguesa associado às ampliadas gerações de direito, cujo emaranhado de leis visa a uma educação do cidadão que o torne capaz de circular nos diferentes espaços públicos. As contribuições de Vygotsky em torno da psicologia cultural, da linguagem e da educação ganham destaque, ao considerarmos os aspectos culturais no processo de ensino-aprendizagem. Ampliamos a questão da relação entre cultura e modos de pensamento paradigmático e narrativo com Bruner e com as contribuições de Senna. À luz desses pressupostos, descrevemos o instrumento metodológico de ensino aplicado no IPUFRJ e discutimos de que modo essa proposta de ensino contribuiu para o ensino de Língua Portuguesa na dimensão do trabalho com o gênero textual relatório, desenvolvido no confronto entre as estratégias de produção de texto escrito, considerando a lógica narrativa e cartesiana de elaboração da mensagem.