A Técnica Corporal: Gradus Ad Parnassum para a Arte da Educação Física Escolar

Ref: 978-85-473-1657-0

A técnica corporal: Gradus ad Parnassum para a arte da Educação Física escolar é um daqueles textos que surgem inicialmente sem grandes pretensões, apenas com o intuito de fazer uma breve análise e compreensão das contradições que se apresentam na realidade de determinadas áreas de conhecimento. Um texto que geralmente materializa-se em forma de um pequeno artigo científico.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00 R$ 29,40 40% off
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 49,00 R$ 22,00 56% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1657-0


ISBN Digital: 978-85-473-2132-1


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 21/09/2018


Número de páginas: 157


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Paulo Sérgio Bereoff.

A técnica corporal: Gradus ad Parnassum para a arte da Educação Física escolar é um daqueles textos que surgem inicialmente sem grandes pretensões, apenas com o intuito de fazer uma breve análise e compreensão das contradições que se apresentam na realidade de determinadas áreas de conhecimento. Um texto que geralmente materializa-se em forma de um pequeno artigo científico.

Entretanto, tendo por objetivo tentar explicar e discutir a problemática da técnica de movimento na Educação Física à luz de diferentes quadros teóricos, para obtenção de uma argumentação crítica capaz de orientar novas reflexões que possam instrumentalizar possíveis caminhos para a transcendência de tal problemática, o autor utiliza-se de uma construção lógico-racional que ultrapassou as capacidades de uma breve estrutura de comunicação, atingindo a proporção de um texto dissertativo que se materializou em forma de um livro sobre a temática da técnica na Educação Física.

Tal abrangência deve-se a alguns fatos, entre eles o da riqueza histórica da técnica humana, um objeto de análise fascinante que espanta com tamanha grandeza e beleza da construção humana, e que certamente também encantará os leitores deste livro, especialmente alunos, professores e técnicos da área de Educação Física, esportes e outras áreas afins. Outro fator que obrigatoriamente ampliou os horizontes deste texto foi a intencionalidade de empreender um estudo analítico e interpretativo da aprendizagem da técnica do movimento de forma mais aprofundada, tentando, por meio de um procedimento essencialmente dialético, nomear a consistência e a inconsistência dessa formação em si, explicitando, assim, a contradição entre a ideia objetiva dessas formações técnicas e aquela pretensão tecnicista.

Por fim, de forma imanente, as contradições surgiram como um testemunho de que a ideologia da técnica em si não é falsa, mas sim a sua pretensão em coincidir com uma realidade fabricada na e pela modernidade, na Educação Física, e, mais especificamente, na sua vertente escolar. Resultados apresentados e avaliados que ajudam a refletir e a compreender de forma mais crítica e consciente essas contradições, e que serão de grande valia para os futuros leitores deste texto.