Construções Retóricas da Publicidade Imobiliária

Ref: 978-85-473-1998-4

O livro Construções retóricas da publicidade imobiliária é uma das poucas obras (senão a única no Brasil) a lançar um olhar panorâmico sobre a produção da publicidade de lançamentos residenciais na cidade de São Paulo. Aborda conceitos basilares sobre a construção do espaço e do produto-imóvel e situa os principais envolvidos na definição do projeto imobiliário, até a composição do briefing para a criação das campanhas pelas agências de publicidade.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 66,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 30,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1998-4


ISBN Digital: 978-85-473-0826-1


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 27/09/2018


Número de páginas: 143


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Maria Cristina Dias Alves.

O livro Construções retóricas da publicidade imobiliária é uma das poucas obras (senão a única no Brasil) a lançar um olhar panorâmico sobre a produção da publicidade de lançamentos residenciais na cidade de São Paulo. Aborda conceitos basilares sobre a construção do espaço e do produto-imóvel e situa os principais envolvidos na definição do projeto imobiliário, até a composição do briefing para a criação das campanhas pelas agências de publicidade. As discussões teóricas são ilustradas com exemplos que evidenciam a pedra fundamental dos lançamentos residenciais, a partir da nomeação dos empreendimentos e respectivas embalagens conceituais que revestem as principais peças da campanha publicitária, inclusive a experiência de consumo na visita ao apartamento-modelo decorado localizado no estande de vendas. A autora traz ainda conceitos fundamentais para a compreensão das identidades instáveis na sociedade contemporânea e o papel da publicidade imobiliária, mediando sentidos de pertença e de permanência em uma sociedade regulada pela imediatez. Realiza, por fim, dois movimentos de análise de anúncios imobiliários, que tornam aparentes os alicerces das construções retóricas e os sentidos que engendram. Com uma linguagem fluente e acessível, Maria Cristina constrói uma obra consistente que demonstra tijolo a tijolo como um produto que ainda não existe, já que é apenas um projeto arquitetônico a ser construído em dois ou três anos, passa a existir no universo mágico da publicidade imobiliária, lugar simbólico onde já habita um dos mais desejados sonhos de consumo.