Lúdico na Escola (CICLADA): Do Ocaso ao Protagonismo

Ref: 978-85-473-1858-1

Nesta instigante investigação, os professores João Bressan e Kleber Tüxen apresentam aos leitores reflexões quanto ao espaço do lúdico (enquanto potência criadora e liberdade de expressão) no interior de duas escolas públicas, cuja proposta curricular organiza-se por Ciclos de Formação Humana (vulgo, "escola ciclada", razão pela qual a nomenclatura, integra o título da obra).


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 20,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1858-1


ISBN Digital: 978-85-473-1859-8


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 31/10/2018


Número de páginas: 147


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. João Carlos Martins Bressan.

2. Kleber Tüxen Carneiro.

Nesta instigante investigação, os professores João Bressan e Kleber Tüxen apresentam aos leitores reflexões quanto ao espaço do lúdico (enquanto potência criadora e liberdade de expressão) no interior de duas escolas públicas, cuja proposta curricular organiza-se por Ciclos de Formação Humana (vulgo, "escola ciclada", razão pela qual a nomenclatura, integra o título da obra). Sua trama procura apresentar as concepções das professoras entrevistadas acerca do lúdico, assim como o status que ele possui no interior das práticas pedagógicas que desenvolvem. Na qualidade de uma literatura científica, os resultados da pesquisa emolduram e oferecem uma condição sui generis para o fito do livro, inclusive oferecendo aos leitores, lastro heurístico para quem deseja empreender investigações no campo da Educação e ludicidade. Decerto essa obra oferece subsídios para se pensar e debater o cenário educacional que tem desprivilegiado as manifestações lúdicas, em detrimento de processos formativos mecânicos e descontextualizados, tal e qual àqueles alinhados e amalgamados às diferentes formas de captura das infâncias de alunos que ingressam nas instituições de ensino existentes no país. Trata-se, portanto, de uma leitura indispensável para uma formação que anseie coadunar o sensível e o inteligível.