Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Boias Frias: Exclusão, Imprensa e Poder

Ref: 978-85-473-2458-2

O livro intitulado Trabalhadores e trabalhadoras rurais boias frias: exclusão, imprensa e poder, discute, por meio da História Oral e recortes de jornais de época, a trajetória de experiências de lutas e de sobrevivência dos trabalhadores rurais da cana circunscritos no campo da produção do setor sucroalcooleiro, em usinas de açúcar e álcool do interior paulista.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 24,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2458-2


ISBN Digital: 978-85-473-2591-6


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 29/11/2018


Número de páginas: 171


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Antonio Alves Bezerra.

O livro intitulado Trabalhadores e trabalhadoras rurais boias frias: exclusão, imprensa e poder, discute, por meio da História Oral e recortes de jornais de época, a trajetória de experiências de lutas e de sobrevivência dos trabalhadores rurais da cana circunscritos no campo da produção do setor sucroalcooleiro, em usinas de açúcar e álcool do interior paulista.

Sob as perspectivas da história e imprensa, de processos trabalhistas e da História Oral, a obra em apreço evidencia os arranjos e rearranjos nas relações entre política regional, experiências de trabalho, produção em larga escala e poder político no mundo do agronegócio.

Preenche, decerto, lacunas nem sempre acidentais, desvendando práticas, representações e apropriações ao revelar ocultamentos e ambiguidades. Propõe por intermédio da História Oral a análise das interfaces da compreensão que os trabalhadores rurais da cana detinham sobre a implementação da tecnologia em larga escala no setor sucroalcooleiro paulista, lócus de tensão e poder com fulcro na substituição do corte manual da cana pelo corte mecanizado. Desvela, também, o engajamento político dos trabalhadores rurais da cana em alguns momentos da obra, sem negligenciar a trajetória de vida, diferentes práticas sociais, estratégias de ação política e formas de sobrevivência no complexo “mundo do trabalho”.