Práticas Inovadoras na Educação Superior em Saúde

Ref: 978-85-473-2468-1

Durante muito tempo a formação de profissionais de saúde baseou-se em processos de ensino-aprendizagem conservadores, marcados por tendências curriculares pautadas no modelo flexneriano. Essa tradição pedagógica separou razão e emoção, fragmentando o conhecimento em áreas especializadas.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 66,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2468-1


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 30/11/2018


Número de páginas: 305


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Maria Rosa Machado Prado.

2. Gabriela Eyng Possolli.

Durante muito tempo a formação de profissionais de saúde baseou-se em processos de ensino-aprendizagem conservadores, marcados por tendências curriculares pautadas no modelo flexneriano. Essa tradição pedagógica separou razão e emoção, fragmentando o conhecimento em áreas especializadas. Nos últimos 20 anos emergiram pesadas críticas ao perfil do profissional formado na área da saúde até então. Independentemente da proposta pedagógica e da construção curricular das instituições de ensino, os gestores e docentes da área da saúde reconhecem a necessidade emergente de que as práticas educacionais adotem metodologias problematizadoras para formar profissionais atualizados e comprometidos com a qualidade e a transformação que a sociedade precisa por meio da saúde e da educação. O livro Práticas inovadoras na educação superior em saúde surge nesse contexto de transformação visando ao desenvolvimento de profissionais de saúde reflexivos, críticos e emancipadores da realidade, lutando por concepções pedagógicas que incitem o aprender a aprender. Essas concepções inovadoras e integradas, ao serem adotadas nas práticas de educação em saúde, têm repercussões sistêmicas para usuários, famílias e comunidades nas quais os profissionais atuarão. A discussão e a vivência de propostas pedagógicas inovadoras é fundamental para a instrumentalização e a atuação dos docentes da saúde e dos futuros profissionais. Nesse sentido, este livro foi organizado para relatar experiências inovadoras e vivências pedagógicas na educação superior, promovidas por meio de estratégias problematizadoras e paradigmas educacionais atuais de formação em saúde. As principais temáticas abordadas no conjunto de capítulos são: avaliação da aprendizagem, educação híbrida, jogo digital, sala de aula invertida, saúde coletiva, educação médica, tecnologias digitais, pediatria, nutrição infantil, redes sociais, instrumento de avaliação, aulas laboratoriais, formação do farmacêutico, farmácia clínica, educação permanente, gravidez na adolescência, competências profissionais, medicina tradicional chinesa, currículo de Biomedicina e Farmácia.