Educação Especial e Segundo Professor de Turma: Desnaturalizando Conceitos no Processo de Inclusão Escolar

Ref: 978-85-473-1582-5

Como o segundo professor de turma percebe o seu trabalho e as suas contribuições na inclusão de estudantes com deficiência? Essa foi a pergunta de estudo que originou esta obra. O texto expõe a inquietação científica diante de cenários em que o papel do segundo professor é pouco delineado.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1582-5


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 03/12/2018


Número de páginas: 195


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Rosilei Gugel Ficagna.

Como o segundo professor de turma percebe o seu trabalho e as suas contribuições na inclusão de estudantes com deficiência? Essa foi a pergunta de estudo que originou esta obra. O texto expõe a inquietação científica diante de cenários em que o papel do segundo professor é pouco delineado. A Política Estadual de Educação Especial sinaliza para um profissional capacitado, que ora atua como corregente, ora como profissional de apoio. Contudo a rotatividade desses profissionais, a sensação de inferiorização algumas vezes narrada por eles, faz com que tenhamos vontade de ler atentamente as narrativas dos sujeitos com quem a autora aproximou-se por meio da pesquisa.

Convido o leitor para que se constitua como interlocutor da obra apresentada e, assim como a autora fez, possa tensionar verdades, desnaturalizar discursos e fatos e compreender que inclusão não é um termo com conceito rígido. Diferente disso, discutir a inclusão escolar de estudantes com deficiência é discutir a identidade e a diferença, a escola e a sua complexidade, as suas possibilidades e as suas perversidades também.