A Metáfora do Estranho em Estranhos Estrangeiros de Caio Fernando Abreu

Ref: 978-85-473-0474-4

O livro A metáfora do estranho em Estranhos estrangeiros de Caio Fernando Abreu propõe um estudo acerca da temática do estranho, termo que tem sido objeto de interesse nos mais variados campos do saber desde que Freud chamou a atenção para o fenômeno do efeito de estranhamento em sua obra O estranho (1919).


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0474-4


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 155


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Francisco Aedson de Souza Oliveira.

O livro A metáfora do estranho em Estranhos estrangeiros de Caio Fernando Abreu propõe um estudo acerca da temática do estranho, termo que tem sido objeto de interesse nos mais variados campos do saber desde que Freud chamou a atenção para o fenômeno do efeito de estranhamento em sua obra O estranho (1919). Dessa forma, pela via da metáfora do estranho, a obra propõe uma análise da coletânea Estranhos estrangeiros (1996), de Caio Fernando Abreu, dando destaque à noção de duplo e, sobretudo, de identidades na representação das personagens centrais das narrativas. Trata-se de um estudo crítico-comparativo acerca das quatro narrativas que compõem a obra: “Ao simulacro da imagerie”, “Bem longe de Marienbad”, “London, London ou ajax, brush and rubbish” e “Pela noite”. Por ser este um livro que aborda uma temática inédita para os estudos literários, principalmente no que se refere à prosa do escritor Caio Fernando, que dispõe de um significativo reconhecimento por parte da crítica, esta leitura torna-se essencial para aqueles que se interessam pelas diversas facetas assumidas pelo homem contemporâneo, que constituem-se como elementos motores para se falar de identidade.