Experiências Inovadoras na Formação Para o SUS

Ref: 978-85-473-2360-8

Este livro, em seu conjunto, apresenta a trajetória narrada pelos protagonistas do Programa de Reorientação Profissional e do Programa de Educação pelo Trabalho em Saúde – PróPet/Saúde e Pet/GraduaSUS – da Universidade do Vale do Itajaí  (Univali) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí-SC.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 20,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2360-8


ISBN Digital: 978-85-473-2360-8


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 11/12/2018


Número de páginas: 153


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Eleide Margarethe Pereira Farhat.

2. Simone Beatriz Pedrozo Viana.

Este livro, em seu conjunto, apresenta a trajetória narrada pelos protagonistas do Programa de Reorientação Profissional e do Programa de Educação pelo Trabalho em Saúde – PróPet/Saúde e Pet/GraduaSUS – da Universidade do Vale do Itajaí  (Univali) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí-SC.

Relata experiências vividas por pessoas e instituições que acreditam na formação de profissionais da saúde comprometidos com a integralidade e a humanização do cuidado, num contínuo envolvimento entre ensino, serviço e comunidade.

A inovação pedagógica e tecnológica de ensino refletida nesta obra busca socializar a superação do modelo tradicional de formação baseado na concepção biologicista, para uma aprendizagem mais ativa e humanizada, tendo como eixo central a construção de um corpo epistemológico em saúde, cuja teoria e prática abordam a determinação social do processo saúde-doença, o conceito ampliado de saúde, territorialização, clínica ampliada, acolhimento, visita domiciliar e fortalecimento da comunidade, a partir da promoção e educação em saúde.

Ao extrapolar os muros da universidade e avançar para o território vivo, é evidenciada a oportunidade de acadêmicos conhecerem o SUS, discutirem as fragilidades e potencialidades enfrentadas no seio da comunidade, conhecerem a realidade da população para qualificar as práticas de cuidado com bases na necessidade, visando à melhoria da qualidade no cuidado à saúde e promovendo maior aproximação entre as diferentes áreas de conhecimento.