A Mulher e o Poder na Ficção de Milton Hatoum

Ref: 4462868

Este é um estudo a respeito das complexas relações entre homens e mulheres, interseccionadas a questões de classe e etnia, e como se constroem as relações de poder no seio familiar.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00 R$ 29,40 40% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-824-1


Edição: 1


Ano da edição: 2015


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 163


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Joanna da Silva.

Este é um estudo a respeito das complexas relações entre homens e mulheres, interseccionadas a questões de classe e etnia, e como se constroem as relações de poder no seio familiar, relacionadas a representação de gênero na obra do escritor amazonense Milton Hatoum, mais especificamente nos romances "Relato de um certo Oriente" (1989), "Dois Irmãos" (2000), "Cinzas do Norte" (2005) e "Órfãos do Eldorado" (2008). A abordagem privilegia a categoria de análise "gênero" nas diversas temáticas atreladas a essa questão, sem abrir mão de conceitos como patriarcado, pós-patriarcado, classe social e etnia. Para tanto, os referenciais teóricos são pautados na teoria crítica feminista. Aponta-se no contexto das relações de gênero em Hatoum a emergência de um novo regime, que Juliet F. MacCannell (1991) denomina "pós-patriarcal", centrado na figura do "irmão", no qual os arranjos de poder na constelação familiar redefinirão os papéis sexuais, gerando complexas formas de exclusão da mulher.