Retinol na Produção In Vitro de Embriões Caprinos

Ref: 978-85-473-2629-6

A espécie caprina constitui-se, no Brasil, de um rebanho de considerável importância econômica e social, estando 92% dos animais na Região Nordeste. A maioria dos indivíduos é criada na parte semiárida da região, onde está muito adaptada, ao contrário de outras espécies, que não resistem às frequentes estiagens prolongadas. Por esses motivos, vários rebanhos caprinos têm sido contemplados para o uso de biotécnicas de inseminação artificial, transplante de embriões e, na atualidade, entrando na parte experimental da produção in vitro de embriões.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 24,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-2629-6


ISBN Digital: 978-85-473-2629-6


Edição: 1


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 24/01/2019


Número de páginas: 155


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Cícero Cerqueira Cavalcanti Neto.

A espécie caprina constitui-se, no Brasil, de um rebanho de considerável importância econômica e social, estando 92% dos animais na Região Nordeste. A maioria dos indivíduos é criada na parte semiárida da região, onde está muito adaptada, ao contrário de outras espécies, que não resistem às frequentes estiagens prolongadas. Por esses motivos, vários rebanhos caprinos têm sido contemplados para o uso de biotécnicas de inseminação artificial, transplante de embriões e, na atualidade, entrando na parte experimental da produção in vitro de embriões.

Alguns trabalhos de maturação, fecundação e cultivo in vitro de ovócitos caprinos têm mostrado melhoras significativas na produção de embriões, e a adição de hormônios, vitaminas e aminoácidos aos meios de cultura, visando a maximizar os índices de produção de embriões in vitro, tem sido uma constante nas pesquisas efetivadas.

Já o mecanismo pelo qual o embrião adquire o retinol – um álcool-lipídico, lipossolúvel, naturalmente encontrado no reino animal –, sintetiza o ácido retinoico e controla o transporte intracelular não está ainda devidamente compreendido. Pouco se sabe sobre a complexa regulação que os receptores nucleares para o ácido retinoico exercem sobre a expressão gênica. Mas, sim, entende-se que participam da regulação dos genes que codificam para a produção de hormônios e fatores de crescimento.

É recente, portanto, o fato de que o retinol contribui também para elevar a produção in vitro de embriões de qualidade superior, que atingem estágios de blastocisto. Por tudo isso, o principal objetivo do estudo apresentado neste livro foi o de verificar o efeito in vitro do uso do retinol na produção e na qualidade dos blastocistos da espécie caprina.