Cursos Técnicos Integrados ao Médio: Uma Abordagem Psicopedagógica do Processo de Ensino e de Aprendizagem

Ref: 978-85-473-2441-4

O livro Cursos Técnicos Integrados ao Médio: abordagem psicopedagógica do processo de ensino e de aprendizagem explana os aspectos que contribuem para a aprendizagem e aqueles determinantes das dificuldades no aprender e baixo rendimento escolar, a saber, resultantes da forma como é efetivada a mediação pedagógica, das metodologias utilizadas pelo docente, de questões emocionais vivenciadas pelo aluno, da falta de acolhimento ao discente por aqueles que convivem direta ou indiretamente com ele, da configuração/organização dos cursos técnicos integrados ao ensino médio e da defasagem do ensino fundamental, aliados à falta de hábitos de estudo pelos estudantes.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 57,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 25,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2441-4


ISBN Digital: 978-85-473-2441-4


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 22/02/2019


Número de páginas: 235


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Sônia Ferreira de Jesús.

O livro Cursos Técnicos Integrados ao Médio: abordagem psicopedagógica do processo de ensino e de aprendizagem explana os aspectos que contribuem para a aprendizagem e aqueles determinantes das dificuldades no aprender e baixo rendimento escolar, a saber, resultantes da forma como é efetivada a mediação pedagógica, das metodologias utilizadas pelo docente, de questões emocionais vivenciadas pelo aluno, da falta de acolhimento ao discente por aqueles que convivem direta ou indiretamente com ele, da configuração/organização dos cursos técnicos integrados ao ensino médio e da defasagem do ensino fundamental, aliados à falta de hábitos de estudo pelos estudantes. Também explica a respeito dos problemas de aprendizagem provindos da estrutura física da instituição, da maneira como é realizado o trabalho pela equipe de atendimento e acompanhamento escolar e da forma como se configura o acompanhamento estudantil da família a seus filhos/estudantes. Enfatiza-se que, em muitos casos, aspectos assinalados como desencadeadores dos problemas estão ligados a dificuldades de aprendizagem ou muito especificamente a dificuldades de escolarização e podem ser superados ou amenizados por meio de ações pedagógicas e psicopedagógicas. Além do mais, se o aluno constitui-se como sujeito também pelas interações que estabelece no meio, a escola, sendo um espaço privilegiado de formação, precisa superar os rótulos de problemas, dificuldades, transtornos, distúrbios e promover a aprendizagem e a inclusão educacional e social de seus educandos.