A Pedagogia Waldorf: Formação Humana e Arte – Volume 2

Ref: 978-85-473-0772-1

Este livro analisa o trabalho de expressão artística dos alunos de uma escola Waldorf da cidade de São Paulo – SP – Brasil, com o objetivo de compreender a estreita ligação entre arte e sensibilidade que se apresenta enquanto caminho para a harmonização da alma humana e a contribuição da arte para o desenvolvimento da razão, da intuição, da emoção e do sentimento.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 74,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0772-1


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 17/05/2018


Número de páginas: 269


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Rosely Aparecida Romanelli.

Este livro analisa o trabalho de expressão artística dos alunos de uma escola Waldorf da cidade de São Paulo – SP – Brasil, com o objetivo de compreender a estreita ligação entre arte e sensibilidade que se apresenta enquanto caminho para a harmonização da alma humana e a contribuição da arte para o desenvolvimento da razão, da intuição, da emoção e do sentimento. Isso pode ser comprovado pela produção elaborada pelos alunos, interpretada e compreendida a partir das atividades específicas do cotidiano escolar com o aporte teórico de autores que buscam entender o ser humano por meio do equilíbrio entre sensibilidade e razão. A pesquisa apoia-se teoricamente na Antroposofia de Rudolf Steiner para o estudo da utilização pedagógica da arte; na cosmovisão científica e artística de Johann Wolfgang Goethe e na sua Doutrina das Cores; em A Educação Estética do Homem de Friedrich Schiller; na Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung; na transformação alquímica pela imaginação ativa utilizada por Jung. O referencial teórico dos autores transita no eixo existente entre o consciente e o inconsciente, entre a razão e a sensibilidade, entre o sensível e o inteligível. A contribuição final é a reflexão sobre a utilização prática dos procedimentos artísticos e a sua influência sobre o desenvolvimento cognitivo e a aquisição de conhecimento que conduz ao equilíbrio entre razão e sensibilidade.