Comunicação, Tecnologias Interativas e Educação: (Re)Pensar o Ensinar-Aprender na Cultura Digital

Ref: 978-85-473-2520-6

Um dos elementos constituintes dos processos educativos é a comunicação. Historicamente, a humanidade tem construído meios de comunicação com influência direta sobre o alcance e a perenidade das mensagens, bem como sobre o poder dos indivíduos em torno delas. Da escrita aos suportes digitais, cada tecnologia atribui aos processos comunicacionais diferentes formas e características, cujos desdobramentos profundos alcançam as mais diferentes esferas da vida humana, dentre elas, a Educação.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 82,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 36,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2520-6


ISBN Digital: 978-85-473-2520-6


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 07/03/2019


Número de páginas: 305


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 21 cm


Comprimento: 27 cm


Altura: 2 cm


1. Vitor Malaggi.

2. Adriano Canabarro Teixeira.

Um dos elementos constituintes dos processos educativos é a comunicação. Historicamente, a humanidade tem construído meios de comunicação com influência direta sobre o alcance e a perenidade das mensagens, bem como sobre o poder dos indivíduos em torno delas.

Da escrita aos suportes digitais, cada tecnologia atribui aos processos comunicacionais diferentes formas e características, cujos desdobramentos profundos alcançam as mais diferentes esferas da vida humana, dentre elas, a Educação.

Nesse sentido, a obra Comunicação, tecnologias interativas e educação: (re)pensar o ensinar-aprender na cultura digital apresenta um profundo e reflexivo repertório teórico-argumentativo acerca das relações e possibilidades existentes na tríade Comunicação, Cultura Digital e Processos Educativos.

Ao propor uma análise acerca do potencial da cultura digital enquanto vetor de transformação dos processos educativos, situa reflexões sobre o contexto social em que as Tecnologias Digitais de Rede inserem-se a partir de suas características comunicacionais interativas. Ao discutir o potencial de um modelo de comunicação dialógica como base dos processos educativos contemporâneos, busca aproximar as contribuições político-pedagógicas de Paulo Freire para subsidiar a criação de contextos de ensino-aprendizagem libertadores e populares no seio da cultura digital.

Destinada aos (às) interessados (as) em compreender as possíveis interfaces entre os campos da Educação, Comunicação e Tecnologias, a presente obra intenciona contribuir para a necessária reflexão em torno da formação humana em uma sociedade perpassada pela cultura digital.