Fisioterapia na Atenção Primária à Saúde: Propostas para a Prática

Ref: 978-85-473-2707-1

O livro Fisioterapia na Atenção Primária à Saúde: propostas para a prática lança um modo de organização do trabalho do fisioterapeuta na Atenção Primária à Saúde (APS) no Sistema Único de Saúde (SUS). Seu conteúdo apresenta uma proposta de como você pode pensar e atuar interagindo com usuários e outros profissionais, como profissional da equipe de atenção primária à saúde, Núcleo de Apoio à Saúde da Família ou Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 42,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2707-1


ISBN Digital: 978-85-473-2707-1


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 08/03/2019


Número de páginas: 103


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Fernanda Alves Carvalho de Miranda.

O livro Fisioterapia na Atenção Primária à Saúde: propostas para a prática lança um modo de organização do trabalho do fisioterapeuta na Atenção Primária à Saúde (APS) no Sistema Único de Saúde (SUS). Seu conteúdo apresenta uma proposta de como você pode pensar e atuar interagindo com usuários e outros profissionais, como profissional da equipe de atenção primária à saúde, Núcleo de Apoio à Saúde da Família ou Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica. Este livro irá contribuir para a assistência direta ao usuário/paciente/comunidade, mas, principalmente, ajudar a desenvolver uma organização do seu processo de trabalho adequando à realidade do município e comunidade onde você se encontra, sejam centros urbanos, áreas rurais, ribeirinhas, floresta e independentemente das classes econômicas adscritas ou do perfil epidemiológico, inclusive independentemente da região do país onde você se encontre. O intuito é oferecer um modo de fazer fisioterapia que se adapte às condições, necessidades e particularidades das suas características pessoais e de formação profissional e do contexto onde esteja inserido. Evitando simplesmente transferir a atuação fisioterapêutica da atenção secundária para o espaço físico da atenção primária e frustrar-se por não conseguir modificar a realidade de saúde da população de forma a contribuir à resolutividade e integralidade da assistência. Encare o desafio de fazer fisioterapia na APS com estes conhecimentos que irão te ajudar e amplie, divulgue, compartilhe sua experiência exitosa.