Experimentações em Educação Matemática: Entre Oficinas e Salas de Aula

Ref: 978-85-473-1957-1

O livro Experimentações em educação matemática: entre oficinas e salas de aula é, ele mesmo, uma experimentação de escrita com os efeitos vívidos de uma pesquisa. Apresenta-se em duas partes: “Experimentações com matemáticas em oficinas e salas de aula” e “Num processo, formações com matemáticas: pesquisas e salas de aula”. A primeira é uma composição com propostas de atividades que se deram em oficinas de produção matemática para docentes dos anos iniciais e em salas de aula dos cursos de Pedagogia e Matemática. As propostas são discutidas de modo que possam se abrir a outras produções que forem contaminadas por este escrito.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1957-1


ISBN Digital: 978-85-473-2019-5


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 02/04/2019


Número de páginas: 139


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Margareth Sacramento Rotondo.

2. Giovani Cammarota.

3. Fernanda de Oliveira Azevedo.

O livro Experimentações em educação matemática: entre oficinas e salas de aula é, ele mesmo, uma experimentação de escrita com os efeitos vívidos de uma pesquisa. Apresenta-se em duas partes: “Experimentações com matemáticas em oficinas e salas de aula” e “Num processo, formações com matemáticas: pesquisas e salas de aula”. A primeira é uma composição com propostas de atividades que se deram em oficinas de produção matemática para docentes dos anos iniciais e em salas de aula dos cursos de Pedagogia e Matemática. As propostas são discutidas de modo que possam se abrir a outras produções que forem contaminadas por este escrito. A segunda é composta por seis artigos que se deram com o acontecimento do pesquisar com professoras e professores que ensinam Matemática e salas de aula dos anos iniciais do ensino fundamental. Os textos atualizam afetos que o pesquisar dispara na formação de pesquisadoras e pesquisadores envolvidos na investigação. Assim, o pesquisar apresenta-se como maquinaria que coengendra si e mundo, pesquisar e pesquisadora ou pesquisador.