Planejamento, Monitoramento e Avaliação na Gestão Pública do Esporte

Ref: 978-85-473-2971-6

O livro Planejamento, monitoramento e avaliação na gestão pública do esporte apresenta uma pesquisa colaborativa realizada na Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Selt) do município mineiro de Lavras/MG, a qual se constituiu pela parceria entre os pesquisadores e os participantes, em todo o decorrer da pesquisa, contribuindo para a produção de conhecimentos. A obra tem como temática o planejamento, o monitoramento e a avaliação dos programas e projetos públicos de esporte na cidade a partir do olhar daqueles que são responsáveis pela implementação dessas políticas, os servidores efetivos dessa Secretaria.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2971-6


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 03/04/2019


Número de páginas: 144


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Andréa de Oliveira Barra .

2. Elisabete dos Santos Freire.

3. Maria Rachel Vitorino.

4. Nathália Maria Resende.

O livro Planejamento, monitoramento e avaliação na gestão pública do esporte apresenta uma pesquisa colaborativa realizada na Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Selt) do município mineiro de Lavras/MG, a qual se constituiu pela parceria entre os pesquisadores e os participantes, em todo o decorrer da pesquisa, contribuindo para a produção de conhecimentos. A obra tem como temática o planejamento, o monitoramento e a avaliação dos programas e projetos públicos de esporte na cidade a partir do olhar daqueles que são responsáveis pela implementação dessas políticas, os servidores efetivos dessa Secretaria. Para obtenção dos dados foram utilizadas a entrevista informal, a entrevista semiestruturada e a análise documental; todas as informações coletadas foram apresentadas e discutidas com os participantes, sendo assim, todo o livro foi construído colaborativamente. Destarte, este livro instiga que a preparação de toda a equipe envolvida na gestão esportiva, e não apenas o gestor principal, pode ser um caminho para minimizar os problemas oriundos no gerenciamento dos recursos públicos.