Educação Física, Esporte e Queer: Sexualidades em Movimento

Ref: 978-85-473-2863-4

Há livros que fazem balanços de temas e campos estabelecidos, olham o passado e projetam novos caminhos. E há livros, esses são mais raros, que se aventuram por sendas ainda não trilhadas e abrem novos territórios de pesquisa – como é o caso aqui. Educação Física, Esporte e Queer: sexualidades em movimento corajosamente inventa para a academia brasileira o campo de esporte queer, apostando que o olhar sobre o esporte pode ser iluminado pelas reflexões que vêm sendo desenvolvidas pelas teorias queer, uma das arenas mais promissoras entre os estudos de sexualidade. Trata-se de um livro fundamental para os pesquisadores de esporte, corpo, sexualidade, assim como para os que ensinam Educação Física e confrontam-se cotidianamente com interrogações de como fazer das aulas um espaço sem preconceitos e onde corpos diferentes possam se exprimir e engrandecer-se por meio das práticas esportivas.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2863-4


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 29/03/2019


Número de páginas: 213


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Erik Giuseppe Barbosa Pereira.

2. Alan Camargo Silva.

Há livros que fazem balanços de temas e campos estabelecidos, olham o passado e projetam novos caminhos. E há livros, esses são mais raros, que se aventuram por sendas ainda não trilhadas e abrem novos territórios de pesquisa – como é o caso aqui. Educação Física, Esporte e Queer: sexualidades em movimento corajosamente inventa para a academia brasileira o campo de esporte queer, apostando que o olhar sobre o esporte pode ser iluminado pelas reflexões que vêm sendo desenvolvidas pelas teorias queer, uma das arenas mais promissoras entre os estudos de sexualidade. Trata-se de um livro fundamental para os pesquisadores de esporte, corpo, sexualidade, assim como para os que ensinam Educação Física e confrontam-se cotidianamente com interrogações de como fazer das aulas um espaço sem preconceitos e onde corpos diferentes possam se exprimir e engrandecer-se por meio das práticas esportivas. Mas se trata também de um livro que certamente atiçará a curiosidade de um público interessado em esporte, e que se arrisca a ler algo novo, diferente, queer.

Prof.ª Dr.ª Carmen Rial
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Corpos queer, importam! Essa poderia ser a frase-manifesto desta coletânea preciosa e original que torce nossas perspectivas muitas vezes estreitas e lineares sobre o campo da Educação Física. Nos artigos aqui reunidos, profissionais da área, educadoras/es e estudantes encontrarão um debate necessário sobre os usos dos corpos e sua educação em uma sociedade na qual as normas hegemônicas têm se esmerado em engessar a plasticidade dos sujeitos capturando desejos e expressões mais libertárias da cultura corporal do movimento. A Educação Física se refaz e repensa-se nesses textos, nos quais os debates sobre gênero e sexualidade aparecem em toda sua dimensão histórica, social e cultural, mostrando que antes de serem temas da biologia, são questões políticas.

Prof.ª Dr.ª Larissa Pelucio
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)