Aspectos da Musicalidade e da Música de Paul Nordoff e suas Implicações na Prática Clínica Musicoterapêutica

Ref: 978-85-473-2876-4

Duas questões norteiam o trabalho de musicoterapia desenvolvido nas páginas deste livro.A primeira questão diz respeito à musicalidade humana: o que é em essência a musicalidade que existe no ser humano? Será a musicalidade atributo de alguns ou de todo ser, de toda a pessoa? Qual a função da musicalidade dentro da constituição humana? Será apenas apreciar a música?A segunda diz respeito à natureza da música: o que é música? Em que campo ela ocorre? Que atributos lhe são inerentes, à parte dos acréscimos feitos pela cultura, pela psique humana ou pela técnica musical? E, antes que isso: existem atributos inerentes à música, independentes das avaliações estéticas, psicológicas e acústicas?


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2876-4


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 03/04/2019


Número de páginas: 171


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Gregório Pereira de Queiroz.

Duas questões norteiam o trabalho de musicoterapia desenvolvido nas páginas deste livro.
A primeira questão diz respeito à musicalidade humana: o que é em essência a musicalidade que existe no ser humano? Será a musicalidade atributo de alguns ou de todo ser, de toda a pessoa? Qual a função da musicalidade dentro da constituição humana? Será apenas apreciar a música?
A segunda diz respeito à natureza da música: o que é música? Em que campo ela ocorre? Que atributos lhe são inerentes, à parte dos acréscimos feitos pela cultura, pela psique humana ou pela técnica musical? E, antes que isso: existem atributos inerentes à música, independentes das avaliações estéticas, psicológicas e acústicas?
A partir da revisão dos conceitos de música e musicalidade, o impacto e a verdade sentida desde o primeiro contato com a atuação clínico-musical de Paul Nordoff e Clive Robbins foram aprofundadas, com base nas ideias do filósofo da música, Victor Zuckerkandl, em uma compreensão da relação da música com o ser humano. Por meio da prática clínico-musical e do estudos dos trabalhos acima citados foi sendo delineado – e exemplificado no caso clínico descrito no livro – o entendimento do autor a respeito da musicoterapia, da música e da musicalidade humana.