A Presença, Mistério da Existência

Ref: 978-85-537-0035-6

O ser humano está cotidianamente à procura de presença. Trata-se de uma questão existencial que envolve o todo da pessoa. A presença é também companheira da solidão e na ausência se refugia para ser recriada em novas bases.No entanto, a presença não significa estar junto o tempo todo, mas sempre no lado de dentro, no dizer de Leonardo Da Vinci. É a presença que dá sentido à vida, pois ela resume os segredos da pessoa.Não estamos falando de uma ideia abstrata, de uma dimensão puramente intelectual, pois a presença se encarna num corpo, presente ou ausente, nos mistérios intrincados da vida. Ele não é apenas algo físico, mas sinal e expressão dos recônditos do coração humano em busca de relações e de presenças. É pelo corpo que nos tornamos presentes.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 37,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-537-0035-6


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 25/04/2019


Número de páginas: 101


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 12 cm


Comprimento: 18 cm


Altura: 2 cm


1. João Augusto de Souza Leão de Almeida Bastos.

O ser humano está cotidianamente à procura de presença. Trata-se de uma questão existencial que envolve o todo da pessoa. A presença é também companheira da solidão e na ausência se refugia para ser recriada em novas bases.
No entanto, a presença não significa estar junto o tempo todo, mas sempre no lado de dentro, no dizer de Leonardo Da Vinci. É a presença que dá sentido à vida, pois ela resume os segredos da pessoa.
Não estamos falando de uma ideia abstrata, de uma dimensão puramente intelectual, pois a presença se encarna num corpo, presente ou ausente, nos mistérios intrincados da vida. Ele não é apenas algo físico, mas sinal e expressão dos recônditos do coração humano em busca de relações e de presenças. É pelo corpo que nos tornamos presentes.
Na verdade, somos pequenas presenças face à Grande Presença revelada pelo Espírito de Deus. O cristianismo, sem dúvida, é o grande mistério da Presença na Ausência, encarnada na Pessoa de Jesus, que fisicamente está longe de nós, mas por seu Espírito, nos torna historicamente presentes no mundo e nos arrasta para perto, no meio das longitudes e para dentro, no meio das superfícies.
Enfim, a presença, nas dimensões divinas ou humanas, nos deixa também a experiência da saudade, que no dizer de Mario Quintana, “é o que faz as coisas pararem no tempo”.