Devires de um Corpo-Experiência

Ref: 978-85-473-2804-7

Devires de um corpo-experiência é uma cartografia de intensidades que entrelaça arte e vida numa combinação de imagens, conceitos e proposições artísticas. Articulando o pensamento de Gilles Deleuze, Felix Guattari e Michel Foucault com o feminismo pós-estruturalista e com as discussões sobre arte contemporânea, o presente livro apresenta-se como um texto que é também imagem e poesia. A partir de uma escrita leve, a densidade das questões aqui abordadas ganha materialidades diversas e provoca nos leitores aberturas para outros modos de pensar e sentir. Cartografar afetos que colocam o corpo em devir-outro e experimentar o pensamento sobre outras medidas são algumas pistas que este livro nos dá para pensar modos inventivos de subjetivação e afirmar a vida em sua potência.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 74,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 26,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-2804-7


ISBN Digital: 978-85-473-2805-4


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 03/04/2019


Número de páginas: 150


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 23 cm


Comprimento: 16 cm


Altura: 2 cm


1. Roberta Stubs.

Devires de um corpo-experiência é uma cartografia de intensidades que entrelaça arte e vida numa combinação de imagens, conceitos e proposições artísticas. Articulando o pensamento de Gilles Deleuze, Felix Guattari e Michel Foucault com o feminismo pós-estruturalista e com as discussões sobre arte contemporânea, o presente livro apresenta-se como um texto que é também imagem e poesia. A partir de uma escrita leve, a densidade das questões aqui abordadas ganha materialidades diversas e provoca nos leitores aberturas para outros modos de pensar e sentir. Cartografar afetos que colocam o corpo em devir-outro e experimentar o pensamento sobre outras medidas são algumas pistas que este livro nos dá para pensar modos inventivos de subjetivação e afirmar a vida em sua potência.